Dia dos Namorados estimula empresários a investir em atrativos diferentes

Foto: Divulgação

Empresários vêm buscando novos atrativos pra atrair clientes, como campanhas diferenciadas, parcerias com empresas, restaurantes e até a criação de cardápios específicos para a data. Nessa época do ano acontecem vários golpes, já que ”os românticos estão dispostos a gastar mais dinheiro para agradar quem se ama’‘, destaca a Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Cuidado para não ser lesado, a Febraban alertou, que é preciso cuidado ao realizar compras nesta época, devido ao aumento de golpes, principalmente em compras online. O Procon iniciou a Operação Cupido, que irá fiscalizar restaurantes e motéis com foco no Dia dos Namorados.

Foto: Divulgação

O dia dos namorados foi criado pelo publicitário João Dória, em 1949, que trouxe a ideia do exterior. Com o slogan “não é só com beijos que se prova o amor”, a ideia rapidamente se espalhou pelo país. Com o grande destaque da mídia, o Dia 12 de Junho, se tornou muito importante para o setor de comércio, e por isso é tema de diversas campanhas e promoções para inúmeras empresas.

Toque de recolher abrange todos os comércios do Centro

Foto: Divulgação

Entrou em vigor o chamado, ”toque de recolher”, que obriga bares e estabelecimentos comerciais a fecharem suas portas até meia-noite e meia. As regras ainda estão sendo elaboradas, mas devem ser divulgadas até quinta-feira (13). O ”toque de recolher” foi um pedido dos empresários da rua 13 de Maio e Nelson de Sá Earp, que desde do início do mês estavam sendo obrigados a encerrar suas atividades a meia- noite.

Os empresários disseram que estavam sendo prejudicados com o novo decreto que impõe o horário de abertura e fechamento dos estabelecimentos, caindo a lucratividade dos empresários.

Desde a sua primeira atuação, a operação Choque de Ordem realizada pela Guarda Civil Municipal e Polícia Militar, já foram registradas mais de 20 ocorrências. Em especial, um bar, na Rua 13 de Maio que não teria atendido ao pedido de fechamento, e só encerrou suas atividades depois de 00h30. Ao todo, 31 agentes foram designados para a operação, foram aplicadas 10 multas na Rua 13 de Maio e outras 10, na rua Nelson de Sá Earp. Os nomes dos estabelecimentos atuados ainda não foram divulgados.

Um milhão de m² de vegetação foram consumidos por incêndios no ano de 2018

Foto: Divulgação

O 15ª Grupamento de Bombeiros Militar divulgou dados de incêndios em vegetação registrados na área de abrangência do quartel nos últimos anos. Em Petrópolis, os dados contam com um ranking com as maiores áreas afetadas.

Segundo o levantamento, mais de 3.000 focos de fogo em vegetação mobilizaram equipes do Corpo de Bombeiros. Apenas em 2018, foram mais de 1.050.000 metros quadrados de vegetação tomados por incêndios, isso tudo em apenas cinco locais.

Foto: Divulgação

Quitandinha, Caxambu, Centro e Cascatinha são os bairros com mais ocorrências, entretanto, a Estrada do Bonfim, em Corrêas, foi a mais afetada, que perdeu 70 hectares de vegetação em incêndios. A Rua Francisco Peixoto da Costa, no Caxambu, teve um prejuízo de 12 hectares afetados por incêndios.

A Estrada do Carangola vem em seguida, com 11 hectares, o Bairro Esperança, teve sete hectares perdidos e, por último, a Rua Nossa Senhora da Glória, em Corrêas, com seis hectares. Se somadas as cinco áreas mais afetadas, representam 106 hectares.

Sesc Quitandinha celebrou o Dia Mundial do Meio Ambiente

Foto: Divulgação

O Sesc celebrou o Dia Mundial do Meio Ambiente com 140 atividades ao ar livre em todo o estado. Aqui em Petrópolis, o Sesc Quitandinha está programando atividades no Palácio e no entorno do lago.

No teatro, atores da cidade, se reunirão em torno de uma mesa de debates com ações inovadoras referente a produção de alimentos orgânicos e agro floresta. Antes dessas atividades programadas, serão exibidos curtas metragens da Mostra Internacional de Ciência na Tv, e serão abordadas questões sustentáveis.

Foto: Divulgação

A performance ”essa terra tem dono” tem a liderança indígena Urutau Guajajara e a Flávia Mendes que prometem levar ao palácio, concretos retirados na Aldeia Maracanã junto a um martelo que poderá ser utilizado pelos visitantes.

Estudantes da Faculdade de Ciências Biológicas Estácio de Sá, ensinarão aos participantes a fazerem compostagem, reaproveitamento de resíduos, fabricação de sabão a partir do óleo de cozinha e muito mais.