Começou essa semana os preparativos para a montagem da Bauernfest

Até a sexta-feira (7), todo o entorno do Palácio de Cristal será interditado para a montagem da Bauernfest. A CPTrans fará a inversão de mão entre a rua Alfredo Pachá e a Av. Padre Siqueira, obtendo assim uma fluidez melhor no trânsito, que se estenderá até o dia 30 de junho, que é quando termina a festa.


Nas edições anteriores a CPTrans fez esse mesmo planejamento, obtendo sucesso e ótimos resultados. A expectativa é que mais de 800 ônibus cheguem a Petrópolis, e mais de 350 mil turistas visitem a cidade durante as duas semanas da Bauernfest.


As rua Walter Bretz (Piabanha), Domingos de Souza Bastos ( 13 de maio), Almirante Damandaré localizada na rua Dr. Pedro, Machado de Assis (Monsehor Bacelar) e a José Bonifácio, serão liberadas apenas para moradores.

Teatro Santa Cecília traz em cartaz o musical A Bela e a Fera

No dia 16 de junho o espetáculo A Bela e a Fera se apresenta no teatro Santa Cecília, aonde subirão ao palco cerca de 30 atores, bailarinos, cantores e até uma orquestra ao vivo. Baseado em um conto francês o Musical contará com projeções em uma carreta de cenário e mais de 100 figurinos, um verdadeiro espetáculo. Os ingressos custarão entre R$ 35,00 e R$ 90,00 reais. O evento será as 16h e a classificação é de 10 anos.

Serra Kids reuniu mais de 350 corredores mirins

O estádio de futebol Carlos Guincle no Valparaíso teve um dia bastante agitado na último domingo (02), cerca de 350 crianças participaram do Serra Kids, e mesmo quem não chegou em primeiro lugar, levou medalha pra casa.
O evento contou com percursos que variavam de 50m a 500m conforme cada faixa etária, contou também com atividades pedagógicas, brinquedos infantis, e até atrações especialmente dedicadas aos pais dos pequenos atletas. O Serra Kids tem um caráter de educativo, não tendo como prioridade o resultado individual.

Prefeitura disponibiliza vacina somente para população considerada de risco

Em nota a Prefeitura diz que município segue a determinação da Secretaria de Saúde do Estado em manter a vacinação restrita ao público prioritário, tendo em vista que alguns municípios do estado ainda não atingiram a meta de imunização da população mais vulnerável a doença. Pelo último levantamento a Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica registrou que 60.554 pessoas do grupo prioritário foram vacinadas, o que representa 60,4% da meta do município.


As pessoas mais vulneráveis a contrair a doença são as crianças de 6 meses e menores de 6 anos de idade, gestantes, mulheres que estejam nos primeiros 45 dias pós-parto, idosos, a partir de 60 anos, e pessoas com doenças crônicas, como respiratória, cardíaca, renal, hepática e neurológica, diabetes e portadores de síndromes de nascença, como a de Down, entre outras.