Foto: Reuters

Neymar e Barcelona encerram disputas judiciais de forma amistosa

Os processos entre o jogador e o clube estão em andamento desde que o atleta foi para o PSG, em 2017.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Desde que Neymar rumou para o PSG, em 2017, o atleta e seu ex-clube, Barcelona, têm processos na Justiça trabalhista e um na esfera civil. Mas nesta segunda-feira (26), o time espanhol anunciou que as duas partes decidiram encerrar as disputas de forma amistosa e extrajudicial.

O caso começou quando o atleta decidiu sair da equipe catalã rumo à Paris, um ano após renovar seu contrato. Os franceses pagaram 222 milhões de euros de multa rescisória para poder levar o brasileiro. Devido a isso, o Barça processou seu antigo camisa 11, reivindicando 8,5 milhões de euros relativos á parte do bônus pago pela renovação do vínculo, além de cobrar multa de 10% sobre o valor. Já o jogador, entrou com uma ação cobrando 26 milhões de euros, relativos ao mesmo bônus, alegando que teria direito a todo o valor após a assinatura.

A situação já havia se acalmado em 2019, quando Neymar demonstrou interesse em voltar ao Barcelona e Lionel Messi pediu pela contratação de seu ex-companheiro à diretoria comandada, na época, por Josep Maria Bartomeu. Porém, o PSG não aceitou a transferência e conseguiu renovar contrato com seu camisa 10, neste ano.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.