Jaqueline Barbosa Gomes, moradora da Rua Bartolomeu Gusmão, no Centro Histórico, foi a ganhadora do Prêmio Natal Imperial de 2017, mas até o momento não teve sua viagem definida. O Prêmio é concedido pelo Instituto Municipal de Cultura e Esportes (ICME), em parceria com a operadora de viagens Schultz, mas até o evento de premiação que ocorreria em abril deste ano não aconteceu, havendo apenas a entrega de um certificado para Jaqueline.

Conforme o edital do Prêmio, o ganhador teria todos os custos cobertos para uma viagem de 9 dias e 8 noites para Portugal, entre novembro e dezembro de 2018, não podendo ser nas datas comemorativas, ou seja, natal e réveillon. A viagem poderia ser marcada até setembro, já que é o mês que antecede em 2 meses as datas possíveis para o passeio.

De acordo com os ganhadores, a agência de viagens Schultz ficou responsável pelos custos terrestres e já arcou com as despesas. Portanto o IMCE, que ficou responsável pelos gastos aéreos, não apresentou uma solução até o momento, mesmo um mês depois de ter passado da data limite para a determinação final de toda a logística da viagem.

Segundo Jaqueline Barbosa, o pacote do seu esposo já tá pago, por conta de não poder levar um acompanhante e a falta de comunicação entre a operadora de viagens e o IMCE pode causar prejuízos a família:

  • Meu esposo já comprou sua passagem e já tem definida a sua rota pela Schultz, porém a agência precisa de uma posição do IMCE para definir o translado do Aeroporto de Lisboa até o hotel. Já procurei os responsáveis do Instituto algumas vezes e até chegaram a marcar um encontro para definirmos esses entraves, mas não aconteceu como deveria – disse a ganhadora.

Entramos em contato com Instituto Municipal de Cultura e Esportes através do e-mail pedindo um posicionamento do Instituto sobre o caso, e de acordo com o ICME a passagem será comprada dentro do prazo. Segue a nota de esclarecimento na íntegra:

  • A viagem para Portugal – prêmio do concurso da casa mais enfeitada do Natal Imperial -, está confirmada para o dia 8 de novembro, conforme data acordada entre a vencedora e a operadora que está concedendo a viagem, como previa o regulamento. A passagem aérea será entregue à vencedora dentro do prazo previsto.

Por: Gabriel Malheiros