A programação do Natal Imperial, que já corre os quatro cantos do país, tem feito turistas e visitantes lotarem a cidade. No último fim de semana, entre os dias 15 e 17 de dezembro, hotéis e pousadas do Centro Histórico e arredores registraram 85,2% de ocupação. A taxa supera em mais que o dobro os dados do ano passado, quando o número ficou em 42,1% no mesmo período, entre os dias 16 e 18 de dezembro (sexta-feira, sábado e domingo). Em toda a rede, a expectativa é de que os hotéis recebam 30% a mais de turistas no mês, comparado a 2016. Visitantes que não pernoitam na cidade também têm contribuído para o grande movimento, lotando restaurantes e comércio.

O destaque do fim de semana ficou por conta da Parada Iluminada, na Rua do Imperador, e do Túnel de Luz, na Rua 16 de Março, que recebeu novos efeitos visuais e, no domingo (17.12), contou até com neve artificial. O público lotou as duas ruas. O domingo, inclusive, foi o dia mais movimentado do fim de semana graças à programação reforçada. Ônibus de excursão chegavam a todo momento na cidade com grupos de visitantes animados com a Parada e com toda decoração e iluminação da festa.

“Conseguimos algo inédito em dezembro: manter a cidade cheia de sexta a segunda-feira. Estamos conseguindo manter o turista mais tempo em Petrópolis, por conta da Parada Iluminada. Restaurantes, hotéis e o comércio foram surpreendidos com o enorme movimento. Vamos continuar trabalhando para trazer renda para o município através do turismo. Tenho certeza que nos próximos anos vamos consolidar Petrópolis como um dos destinos turísticos mais procurados do Brasil”, explica o secretário da Turispetro, Marcelo Valente.

No Museu Casa de Santos Dumont, um dos principais pontos turísticos de Petrópolis, o movimento foi tanto no fim de semana que a Casa resolver abrir também na segunda-feira (18.12), normalmente fechada. No sábado (16.12), 616 pessoas visitaram o museu. Já no domingo (17.12), 738 visitantes conheceram a antiga residência do pai da aviação.

Em toda cidade, a média de ocupação nos hotéis e pousadas foi de 64,7%, já no mesmo período do ano passado o número registrado foi de 40%.