Natal Coca-Cola e as tradicionais Caravanas poderão ser vistas e ouvidas de casa

Campanha deste ano reforça a preocupação da Companhia com a segurança do seu público, mantendo o espírito de união do Natal

Em um ano tão desafiador, as tradicionais Caravanas de Natal Coca-Cola promoverão um evento diferente desta vez. Já a partir do dia 27 de novembro, os caminhões iluminados e musicais começarão a ganhar as ruas do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Ribeirão Preto, em uma frota de seis veículos, que terão o diferencial de promover uma experiência não nas ruas, mas dentro das casas das pessoas. O novo formato incentiva a união, mas aposta na segurança do seu público, respeitando o distanciamento social e os cuidados necessários em meio à pandemia.

Os trajetos priorizarão bairros residenciais, de onde o público poderá contemplar as Caravanas das janelas de suas casas. O som terá destaque esse ano: as músicas e mensagens poderão ser ouvidas à distância, garantindo a experiência e, ao mesmo tempo, a preservação da saúde. 

No Rio, a campanha vai acontecer durante 27 dias, a partir de 27 de novembro. O Espírito Santo receberá os caminhões ao longo de 14 dias, com início em 10 de dezembro. Já Ribeirão Preto terá a ação por 17 dias, sendo 07 de dezembro o primeiro desfile.

A fim de evitar aglomerações, foram criadas ações digitais para que o público possa celebrar a passagem das Caravanas sem sair de casa. Esse ano, quem usar o filtro digital disponível no Instagram da Coca-Cola com a hashtag “#JuntosComoNunca” poderá ter seus vídeos e fotos reproduzidos nos telões dos caminhões físicos.

Além disso, o trajeto dos caminhões não será divulgado previamente para incentivar as pessoas a acompanharem o espetáculo de suas casas. A rota irá priorizar avenidas largas e de grande circulação de veículos.

A marca Coca-Cola completa 100 anos de campanha de Natal. As ações têm como objetivo levar a magia do Natal para crianças e adultos, reforçando mensagens de paz, amor, amizade, características do espírito natalino.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também