Não esqueçam dos trabalhadores contratados pela prefeitura

Petrópolis passa por um momento difícil, reconhecemos os esforços da prefeitura nas medidas restritivas, em saúde pública e incentivo ao isolamento. É hora de união e solidariedade, não de disputa política, mas é preciso lembrar de quem está esquecido. Centenas de trabalhadores contratados da prefeitura, principalmente na educação, continuam sem respostas quanto aos seus salários.

O governo municipal não informou sobre os pagamentos após a suspensão das aulas, e nenhuma medida foi proposta para a garantia destas famílias. Esta situação envolve também os monitores e voluntários do PIAC – Programa Integrado para Aprendizagens e Conhecimento, que atendem várias escolas nas comunidades de Petrópolis e contam apenas com uma ajuda de custo. Os estagiários e estagiárias também não estão recebendo suas bolsas, muitos só possuem essa fonte de renda.

Sabemos das dificuldades de governos em tempos como o que vivemos. Mas cuidar das pessoas e amparar trabalhadores precisa fazer parte das medidas contra a crise.

A prefeitura precisa articular com o Ministério Público, Câmara Municipal de Petrópolis, e até mesmo o Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro, formas de garantir os pagamentos mesmo com a suspensão das aulas. Justificativas e formas de executar não faltam!

Confira a carta de desabafo que recebi de nossos educadores, esperamos que a mesma chegue até a Secretaria de Educação e ao Gabinete do Prefeito: https://bit.ly/3dzDLvQ

Confira o vídeo: https://web.facebook.com/yurimourapetropolis/videos/225674371969673/

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também