A exposição das oficinas ocorrerá em frente ao palácio do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, entre os dias 22 e 23 de setembro. O intuito desse evento é fortificar a hashtag #MuseuNacionalVive, dando início ao processo de reestruturação do local.

Ainda há bastante assunto à ser discutido, tanto de como será a captação de recursos, quanto da onde vai sair esses investimentos. Em uma reunião envolvendo o diretório do Museu, alguns temas já foram colocados em pauta, como a Lei Rouanet e a disponibilidade de alguns países em ajudar esse monumento tão importante mundialmente.

Os laboratórios que não foram atingidos, localizados no Horto Botânico, estão abrigando os funcionários e pesquisadores que perderam suas salas. Há proposta da direção para que de forma provisória, comprar containers para transformar em salas de estudo (parecido com alguns Labs. da Fiocruz).

A exposição que vai acontecer no próximo final de semana, será semelhante as que ocorrem anualmente em comemoração ao aniversário do Museu Nacional, que foi criado no dia 6 de junho de 1818, por Dom João VI, portanto terá um material reduzido significativamente, por conta das chamas.

As atividades acontecem de 10h às 17h, no sábado e no domingo. Um pouco do que é feito nesse patrimônio histórico, será mostrado para as pessoas que tiverem a oportunidade de acompanhar esse recomeço.

Por: Gabriel Malheiros