Petrópolis busca avançar no atendimento de alta complexidade ampliando a realização de procedimentos neurológicos e cardíacos pelo SUS. O município, em conjunto com o Hospital Santa Teresa, elaborou um estudo para que o HST possa ampliar a realização de cateterismo, angioplastia, cirurgias cardíacas e neuroembolizações na unidade que hoje realiza em média 200 cirurgias por mês pelo SUS sendo referência para os procedimentos.

O prefeito Bernardo Rossi, acompanhado do secretário de Saúde, Silmar Fortes, do deputado estadual Marcus Vinícius Neskau e do diretor do HST, Leonardo Menezes, apresentou na última quarta-feira (31.01) ao secretário de Saúde do Estado, Luiz Antônio de Souza Teixeira Júnior, as ideias iniciais da ampliação que já foi aprovada pelo secretário do Estado.

“Esse é um passo muito importante, pois estamos fortalecendo uma parceria com o maior hospital do município em um tratamento de alta complexidade e que atinge a muitos petropolitanos. Com certeza teremos mais agilidade para realizar as cirurgias e oferecer um acompanhamento aos pacientes com mais segurança”, avalia o prefeito Bernardo Rossi.

“O hospital é referência na cidade e toda a ampliação de atendimento com a expertise do Santa Teresa é bem-vinda”, afirma o secretário de Estado de Saúde, Luiz Antônio de Souza Teixeira Júnior.

Com 60 dos seus 156 leitos voltados para o atendimento ao Sistema Único de Saúde, o HST é responsável por 3 mil internações/ano pela rede pública, dos quais 1.250 são atendimentos de emergência. Dos 60 leitos destinados ao SUS, 23 recebem pacientes que precisam de tratamento intensivo (UTI) e outros 37 para internações em enfermaria.

O secretário de Saúde Silmar Fortes explica que a Secretaria de Saúde vem atuando em parceria com o HST desde o início da gestão e que o fortalecimento das estratégias de assistência são fundamentais para o avanço do SUS no município.

“Fizemos algumas reuniões com a equipe e direção do Hospital Santa Teresa que prontamente nos atendeu e mostrou também o interesse em assistir a nossa população com um tratamento de qualidade. O hospital é referência para esses procedimentos e com o apoio do Estado conseguimos ampliar a cobertura desses procedimentos”, anuncia Silmar Fortes.

O diretor executivo do Hospital Santa Teresa, Leonardo Menezes, destacou a parceria entre a unidade e o governo municipal. “O Hospital Santa Teresa, solidário às necessidades do município, se comprometeu no ano passado em aumentar o número de cirurgias eletivas regulares, que já vínhamos realizando. Acreditamos que, dessa forma, podemos colaborar com a população petropolitana e a prefeitura na busca por melhores condições de saúde da nossa população”, afirma Leonardo Menezes.