Foto: Kyodo via Reuters

Mulher mais velha do mundo vai carregar a tocha olímpica no Japão

Kane nasceu em 1903 no Japão, passou por duas pandemias globais (Gripe Espanhola e Covid-19) e superou dois cânceres.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A pessoa mais velha do mundo, Kane Tanaka, vai carregar a tocha olímpica, símbolo dos Jogos de Tóquio, em maio. Kane nasceu em 1903 no Japão, passou por duas pandemias globais (Gripe Espanhola e Covid-19) e superou dois cânceres.

Tanaka, que vive em um asilo em Fukuoka, completa 118 anos em 5 de janeiro, adora refrigerantes e ganhou um novo par de tênis da sua família para a cerimônia, segundo a CNN americana.

Ela é considerada a pessoa viva mais velha do mundo pelo Guiness World Records, desde 2019.

A previsão é que Tanaka percorra parte dos 100 metros com a tocha olímpica em uma cadeira de rodas. Apesar disso, ela está determinada a dar alguns passos antes de passar a tocha ao próximo corredor.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Trabalho infantil no Mundo aumenta pela primeira vez em 20 anos

No relatório Trabalho Infantil: estimativas globais de 2020, tendências e o caminho a seguir, divulgado pelas duas instituições por ocasião do Dia Mundial contra o Trabalho Infantil, celebrado em 12 de junho, destaca-se a necessidade de medidas para combater a prática, que poderá ser agravada pela pandemia.

Comentários estão fechados.