Mulher é ameaçada com uma faca - Reprodução / Internet

Mulher é feita refém em lanchonete na Tijuca

Agentes do Tijuca Presente interditaram a rua e o Bope está no local

Uma mulher é feita refém na lanchonete ‘Rico’s Lanches’ na Rua General Roca, na Tijuca, Zona Norte do Rio desde a manhã desta sexta-feira. A negociação já dura duas horas. O homem mantém a idosa sob a ameaça de uma faca. A senhora está com um ferimento no braço. Equipes do Segurança Presente e do Bope estão no local. A área está isolada.

A porta-voz da PM no local, Major Marliza, diz que há um vínculo entre os dois. “Não sabemos se é mãe e filho ou um casal”, conta a major. A policial ressaltou que o criminoso se acalmou e que acredita na rendição. Psicólogos participam da negociação. 

Um filho da vítima, de nome Elaine, disse em entrevista ao programa Balanço Geral, da Record TV, que a mulher é namorada do sequestrador. Um outro filho da vítima chegou ao local por volta das 14h. 

Em um vídeo que circula nas redes sociais, é possível ouvir o homem dizendo que “é um filho diferenciado”.

Segundo testemunhas, o homem frequenta a região e apresenta distúrbio psíquico. No momento do crime, os funcionários conseguiram fugir, pulando pelo balcão.

A Polícia Militar informou que os agentes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) já iniciaram as negociações. Os agentes do Tijuca Presente foram os primeiros a chegar no local e esvaziaram o local.

Uma ambulância do Samu chegou no início da tarde desta sexta-feira. 

A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que, no início da tarde desta sexta-feira, um homem fez uma mulher refém, utilizando uma faca, em uma lanchonete na Rua General Roca, na Tijuca, Zona Norte da Cidade do Rio. De imediato, equipes do Programa Tijuca Presente esvaziaram o estabelecimento. Em seguida, as equipes de negociação do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) chegaram ao local. As demais unidades da área realizam o isolamento da região. A ocorrência segue em andamento.

Segundo o Centro de Operações (COR), a Rua General Roca, entre a Rua Barão de Mesquita (por onde é feito o desvio do trânsito) e a Rua Conde de Bonfim seguem interditadas, por conta de ocorrência. O trânsito é lento na região.

Fonte: O Dia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também

Petrópolis recebe vacinas CoronaVac e Oxford/Astrazeneca do Governo Estadual

As doses de CoronaVac são destinadas à aplicação da segunda dose do esquema vacinal pendente. O lote de Oxford/AstraZeneca também deve ser usado exclusivamente para segundas doses, mas direcionadas ao grupo de pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente e outras pendências de segundas doses para essa vacina.