Uma mulher foi presa pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), suspeita de apropriação indébita, após ser flagrada em um carro com registro de furto. Ela teria alugado o automóvel há cerca de dois anos e não devolveu. O caso aconteceu durante uma blitz na rodovia Governador Mário Covas (BR-101), em Rio Bonito, Região Metropolitana do Rio, na tarde de domingo (11).

Equipes da 2ª Delegacia (Niterói) da PRF faziam a blitz, quando desconfiaram da motorista e resolveram abordá-la. Ao consultarem os sistemas, verificaram que o veículo possuía registro de furto. Ao ser questionada, a mulher contou ter alugado o carro há pouco mais de dois anos. Ela disse que usava o automóvel para cuidar da própria saúde e não teria dinheiro para pagar o aluguel, por isso não teria feito a devolução. A suspeita, de 42 anos, nunca havia sido presa anteriormente. O registro do furto foi realizado na delegacia da Ilha do Governador.

A ocorrência foi encaminhada para a 119ª DP (Rio Bonito), onde a suspeita foi indiciada por apropriação indébita.

Fonte: Polícia Rodoviária Federal

Crédito da foto: Divulgação / Nucom PRF