Morreu nesta quinta-feira Carlos Eduardo Miranda, ex-jurado do Ídolos, na época em que o programa começou, no SBT, em 2006. A atração, depois foi para a Record e teve cinco temporadas lá.

Miranda, como ele era mais conhecido, estava com 56 anos, e faleceu em casa, após começar a sentir dor de cabeça. Ao lado da família, ele teve um mal súbito e não resistiu. Ele era gaúcho e completou 56 anos nesta quarta, 21 de março.

Na década de 1990, com os selos Banguela Records e Excelente, lançou nomes como Raimundos. Como produtor musical, Miranda lançou, entre outros grupos, Skank, O Rappa, Virgulóides, Blues Etílicos, Cordel do Fogo Encantado, Cansei de Ser Sexy, Móveis Coloniais de Acaju, MQN, Mundo Livre SA e o primeiro disco da Graforréia Xilarmônica, Coisa de Louco II e também criou e dirigiu o site Trama Virtual, que é um projeto de distribuição online de artistas independentes por MP3.

Antes disso, como jornalista da área de música, Miranda trabalhou para a revista Bizz. Ainda em Porto Alegre, Miranda teve forte atuação no cenário musical da capital gaúcha.

Fonte: TV Foco