Foto: Gshow

Morre Gilberto Braga, aos 75 anos, famoso autor de novelas da Globo

De acordo com informações divulgadas por familiares, ele estava internado desde sexta-feira (22) no hospital Copa Star, em Copacabana.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Na terça-feira (26), o autor Gilberto Braga, que escreveu novelas como “Dancin’ Days” (1978), “Vale Tudo” (1988) e “Celebridade” (2003), morreu aos 75 anos, no Rio de Janeiro.

De acordo com informações divulgadas por familiares, ele estava internado desde sexta-feira (22) no hospital Copa Star, em Copacabana.

Gilberto teve uma perfuração no esôfago, após alguns anos com vários problemas de saúde. Recentemente, ele passou por uma cirurgia na coluna, uma no coração e uma hidrocefalia.

A informação é que o autor foi internado já em uma situação delicada e foi constatada uma infecção generalizada por conta da perfuração no esôfago.

Gilberto era natural do Rio de Janeiro, ele nasceu em 1945. Se formou em Letras na Universidade Católica do Rio de Janeiro e chegou a trabalhar dando aulas.

Também atuou como crítico de teatro e cinema do jornal “O Globo”. Na Globo, estreou como autor em 1972, com uma adaptação de “A Dama das Camélias”.

“Corrida do Ouro”, de 1974, foi sua primeira experiência com novela quando dividiu a autoria com Lauro César Muniz e Janete Clair. O primeiro sucesso veio dois anos depois, com “Escrava Isaura”.

Em 1978, ele estreou “Dancin’ Days”, um de seus maiores sucessos.

Confira trabalhos de Gilberto Braga na Globo:

“Corrida do Ouro” (1974)
“Helena” (1975)
“Senhora” (1975)
“Bravo!” (1975)
“Escrava Isaura” (1976)
“Dona Xepa” (1977)
“Dancin’ Days” (1978)
“Água Viva” (1980)
“Brilhante” (1981)
“Louco Amor” (1983)
“Corpo a Corpo” (1984)
“Vale Tudo” (1988)
“Rainha da Sucata” (1990) – colaboração
“Lua Cheia de Amor” (1990) – supervisão
“O Dono do Mundo” (1991)
“Pátria Minha” (1994)
“Força de um Desejo” (1999)
“Celebridade” (2003)
“Paraíso Tropical” (2007)
“Insensato Coração” (2011)
“Lado a Lado” (2012) – supervisão
“Babilônia” (2015)

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.