Morreu nesta sexta-feira (6) o radialista e empresário paulista Francisco Silva, de 79 anos. A causa da morte ainda não foi divulgada.

O anúncio do óbito foi feito na tarde desta sexta na rádio Melodia FM, do Rio de Janeiro – que pertence à família Silva -, pelo locutor Eliel do Carmo.

Por volta das 17h20, outro radialista da emissora, Gustavo de Moraes, agradeceu as mensagens de condolências dos ouvintes, ressaltando o momento difícil para todos da Melodia.

Oliveira Francisco da Silva, ou Francisco Silva, nasceu em Cunha (SP), em 26 de maio de 1938. Como empresário, se destacou à frente do laboratório que produzia o Atalaia Jurubeba, popular remédio para o fígado.

Exerceu o cargo de deputado federal pelo Estado do Rio de Janeiro em três legislaturas seguidas, de 1991 a 2003, cada uma por um partido: Democrata Cristão (PDC), Progressista (PP) e Progressista Brasileiro (PPB).

Mas foi com a Melodia que Francisco Silva se popularizou no Rio de Janeiro, principalmente com o programa Cristo em Casa.

A Melodia, comprada por ele em 1986, chegou a ser a primeira em audiência na capital fluminense, à frente de emissoras populares. Hoje, a rádio – que ainda é uma das mais ouvidas na cidade do Rio – encabeça uma rede nacional, a Rede Melodia.

Antes da Melodia, Silva foi dono de outra emissora carioca, a Rádio Copacabana AM.

Nota de falecimento

Por volta das 18h, a Melodia, em sua página no Facebook, divulgou uma nota de falecimento.

“É com grande pesar que a Rádio Melodia comunica aos seus ouvintes e amigos o falecimento de seu fundador Francisco Silva”, diz o texto.

O comunicado é encerrado com a passagem bíblica de Romanos 6, versículo 23: “O dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor”.