Morre Francisco Silva, fundador da rádio Melodia

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Morreu nesta sexta-feira (6) o radialista e empresário paulista Francisco Silva, de 79 anos. A causa da morte ainda não foi divulgada.

O anúncio do óbito foi feito na tarde desta sexta na rádio Melodia FM, do Rio de Janeiro – que pertence à família Silva -, pelo locutor Eliel do Carmo.

Por volta das 17h20, outro radialista da emissora, Gustavo de Moraes, agradeceu as mensagens de condolências dos ouvintes, ressaltando o momento difícil para todos da Melodia.

Oliveira Francisco da Silva, ou Francisco Silva, nasceu em Cunha (SP), em 26 de maio de 1938. Como empresário, se destacou à frente do laboratório que produzia o Atalaia Jurubeba, popular remédio para o fígado.

Exerceu o cargo de deputado federal pelo Estado do Rio de Janeiro em três legislaturas seguidas, de 1991 a 2003, cada uma por um partido: Democrata Cristão (PDC), Progressista (PP) e Progressista Brasileiro (PPB).

Mas foi com a Melodia que Francisco Silva se popularizou no Rio de Janeiro, principalmente com o programa Cristo em Casa.

A Melodia, comprada por ele em 1986, chegou a ser a primeira em audiência na capital fluminense, à frente de emissoras populares. Hoje, a rádio – que ainda é uma das mais ouvidas na cidade do Rio – encabeça uma rede nacional, a Rede Melodia.

Antes da Melodia, Silva foi dono de outra emissora carioca, a Rádio Copacabana AM.

Nota de falecimento

Por volta das 18h, a Melodia, em sua página no Facebook, divulgou uma nota de falecimento.

“É com grande pesar que a Rádio Melodia comunica aos seus ouvintes e amigos o falecimento de seu fundador Francisco Silva”, diz o texto.

O comunicado é encerrado com a passagem bíblica de Romanos 6, versículo 23: “O dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor”.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.