Moradores denunciam falta de abastecimento de água há uma semana no Bairro Esperança

Um grupo de moradores está denunciando e cobrando medidas dos órgãos responsáveis para que seja normalizado o abastecimento de água, no Bairro Esperança. De acordo com populares, aproximadamente 20 imóveis localizados na Servidão Miguel Martins Meira estão sofrendo com a falta d’água há, pelo menos, uma semana na região.

Segundo moradores, desde a última sexta-feira (7) não há abastecimento na localidade. Na ocasião, uma bomba estaria impossibilitando a distribuição da água nas áreas mais íngremes.

“Já liguei mais de 10 vezes, mas nada foi resolvido. Eles alegam que o abastecimento de água está normal na região. Porém, eu e outras 20 famílias não tem sequer uma gota d’água na torneira”, contou Alan Gonçalves, de 32 anos.

O problema acontece no ponto final do Bairro Esperança, na Rua Brigadeiro Castrioto. “Em período de pandemia, ficar sem água é um absurdo. Temos crianças e idosos que dependem de cuidados mais específicos”, concluiu Alan.

A Águas do Imperador, em nota, informa que irá enviar uma equipe ao local. A concessionária explica ainda que o abastecimento na cidade apresenta uma redução de 18,5%, mas a redução está sendo suprida com os sistemas alternativos do Rio da Cidade e Ponte de Ferro.

“Águas do Imperador informa que vai enviar uma equipe ao local para verificar o ocorrido. Devido ao período de estiagem, os principais mananciais responsáveis pelo abastecimento apresentam uma redução de 18,5% em sua vazão, redução que está sendo suprida com os sistemas alternativos do Rio da Cidade e Ponte de Ferro, que operam reforçando o sistema principal. A recomendação é que a população use a água de forma consciente”.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também