Moradores denunciam falta de abastecimento de água há uma semana no Bairro Esperança

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Um grupo de moradores está denunciando e cobrando medidas dos órgãos responsáveis para que seja normalizado o abastecimento de água, no Bairro Esperança. De acordo com populares, aproximadamente 20 imóveis localizados na Servidão Miguel Martins Meira estão sofrendo com a falta d’água há, pelo menos, uma semana na região.

Segundo moradores, desde a última sexta-feira (7) não há abastecimento na localidade. Na ocasião, uma bomba estaria impossibilitando a distribuição da água nas áreas mais íngremes.

“Já liguei mais de 10 vezes, mas nada foi resolvido. Eles alegam que o abastecimento de água está normal na região. Porém, eu e outras 20 famílias não tem sequer uma gota d’água na torneira”, contou Alan Gonçalves, de 32 anos.

O problema acontece no ponto final do Bairro Esperança, na Rua Brigadeiro Castrioto. “Em período de pandemia, ficar sem água é um absurdo. Temos crianças e idosos que dependem de cuidados mais específicos”, concluiu Alan.

A Águas do Imperador, em nota, informa que irá enviar uma equipe ao local. A concessionária explica ainda que o abastecimento na cidade apresenta uma redução de 18,5%, mas a redução está sendo suprida com os sistemas alternativos do Rio da Cidade e Ponte de Ferro.

“Águas do Imperador informa que vai enviar uma equipe ao local para verificar o ocorrido. Devido ao período de estiagem, os principais mananciais responsáveis pelo abastecimento apresentam uma redução de 18,5% em sua vazão, redução que está sendo suprida com os sistemas alternativos do Rio da Cidade e Ponte de Ferro, que operam reforçando o sistema principal. A recomendação é que a população use a água de forma consciente”.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.