Uma moradora da Estrada União e Indústria, em Itaipava, encontrou no quintal de sua residência, neste sábado (13), dois macacos mortos. De acordo com a moradora, foi realizado contato com o órgão responsável para solicitar a retirada dos animais, mas ninguém apareceu. A moradora recolheu os dois corpos e os congelou até que alguém resolvesse recolher.

A Prefeitura de Petrópolis disse não ter conhecimento da solicitação de recolhimento dos animais somente ficou sabendo após o contato realizado pelo Giro Serra.

Confira a nota enviada pela Prefeitura:

A Coordenadoria de Vigilância Ambiental irá providenciar a recolhimento desses animais ainda hoje. A solicitação de recolhimento não chegou ao serviço pela moradora e sim pela imprensa, nesta terça-feira (16.01). A Secretaria de Saúde irá apurar o desencontro da informação.

O telefone para solicitar o recolhimento do animal é: (24) 2231-0841.

Com foco na prevenção, a equipe está se organizando para montar fluxos de atendimentos e orientação a população aos fins de semana.

A Vigilância destaca que no caso de encontrar um macaco morto ou doente, a população não deve manipular o animal. A orientação é para que a pessoa tente preservar ou proteger o local onde ele foi encontrado para não comprometer a análise do material.
A Vigilância reafirma que o macaco não transmite a febre amarela diretamente para humanos e que o animal é um importante sentinela, apontando para a presença do vírus em determinada região.

A Vigilância Ambiental está funcionando em novo endereço na Rua Dr Sa Earp 433, de segunda a sexta-feira de 8 as 17h“.