Vatican Media/via Reuters

Missas do papa Francisco serão feitas via transmissão na internet até o dia 15 de março

O Papa Francisco vai fazer as missas só em transmissões pela internet até o dia 15 de março, de acordo com divulgação do Vaticano deste sábado (7).

Trata-se de medida para evitar a formação de aglomerações, que têm o potencial de transmitir o coronavírus. O papa foi diagnosticado com um resfriado no dia 3 de março.

Francisco fica restrito à casa Santa Marta, e o papa emérito, Bento XVI, terá as visitas reduzidas ao máximo.

O coronavírus chegou na sexta (6) ao Vaticano. Com um caso positivo do novo coronavírus, foram suspensos os serviços de ambulatório da cidade do Vaticano, onde estava o paciente infectado. Ele foi transferido para um hospital romano.

A Itália é o país mais atingido pela epidemia na Europa: foram 4.636 casos notificados no país e 197 mortes até a sexta-feira (7).

É o país que tem relatado o maior número de mortes por dia no mundo.

O governo ordenou, nesta semana, o fechamento de escolas, universidades, cinemas e teatros para tentar diminuir o número de novas infecções.

O Vaticano também vai mudar a sua rotina. Os funcionários da Secretaria de Estado devem se submeter ao teste do Covid-19.

Crédito da foto: Vatican Media/via Reuters

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também