Ministro do STJ nega pedido de Flávio Bolsonaro para anular decisões no caso das ‘rachadinhas’

Fischer é o relator do pedido no STJ e entende que os elementos apresentados pela defesa não eram urgentes
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Felix Fischer, ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou pedido da defesa do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), que visava anular as decisões do juiz Flávio Itabaiana, da 27ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, no caso que apura o esquema de “rachadinhas”.

Os advogados do senador argumentavam que, como o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro garantiu o foro privilegiado ao senador, os atos do juiz de primeira instância deveriam ser anulados.

Fischer é o relator do pedido no STJ e entende que os elementos apresentados pela defesa não eram urgentes a ponto da questão ser deliberada de forma individual e provisória. Segundo o ministro, o tribunal deve decidir o tema de forma definitiva quando o processo estiver pronto para ser levado a julgamento.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.