Foto: Divulgação

Ministério Público abre inquérito para apurar conduta de Pazuello no combate à pandemia

Procuradoria da República no Distrito Federal vai investigar suposta ilegalidade no uso de recursos para compra de medicamentos sem eficácia e omissão em relação a vacinas.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Procuradoria Geral da República abriu inquérito para investigar se o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, cometeu improbidade administrativa em suas ações no combate à pandemia de covid-19.

O Ministério Púvlico Federal deve investigar se ouve ilegalidade no uso de recursos para a compra de medicamentos sem eficácia comprovada, baixa execução orçamentária dos recursos para o combate à covid-19 e omissão de providências do ministério na compra de vacinas.

O inquérito aberto pela Procuradoria do Distrito Federal é de natureza civil, ou seja, pode levar a sanções como perda da função pública, suspensão de direitos políticos, ressarcimento aos cofres públicos, entre outras.

O ministro já é investigado em inquérito aberto no Supremo Tribunal Federal.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.