Ministério da Saude diz ao Butantan que quer mais 30 milhões de doses da CoronaVac

As doses se somam às 100 milhões já solicitadas pelo governo, que serão entregues até setembro deste ano.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Ministério da Saúde enviou um ofício ao Instituto Butantan nesta quinta-feira (18) em que afirma ter a intenção de compra de mais 30 milhões de dose da vacina CoronaVac. As doses se somam às 100 milhões já solicitadas pelo governo, que serão entregues até setembro deste ano.

No documento, Elcio Franco, secretário-executivo da pasta da Saúde, o ministério afirma ter necessidade de expandir a aquisição de imunizantes contra a Covid-19. Diz também que a solicitação “considera a continuidade da vacinação em massa da população brasileira, junto com todos os Estados e Municípios”.

Elcio Franco também solicitou o cronograma de entrega de doses entre outubro e dezembro de 2021. “Do exposto, solicito que seja encaminhada a este Ministério a intenção dessa Fundação de realizar o referido fornecimento de vacinas, conforme entendimentos verbais em 17 de fevereiro do corrente, assim como o cronograma de entrega do quantitativo proposto de 30 milhões de doses, de outubro a dezembro de 2021”, diz o ofício.

O Butantan disse que recebeu o ofício do Ministério da Saúde e que está avaliando a demanda da pasta.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.