Ministério da Saúde alerta para que pessoas tomem a segunda dose da vacina contra a Covid-19

Segundo dados do governo, 1,5 milhão de pessoas não foram tomar a segunda dose da vacina contra o novo Coronavírus.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Ministério da Saúde fez um alerta para que aqueles que tomaram a 1ª dose da vacina da covid-19 fiquem atentos à data do reforço. Isso porque 1,5 milhão de pessoas estão com a 2ª dose atrasada. E a ideia agora é fazer parcerias com os conselhos regionais de saúde para diminuir esse número.

E no Rio Grande do Sul isso já começou. O governo do estado está montando um esquema de busca ativa dessas pessoas que não completaram o esquema vacinal.  Ana Costa, diretora da atenção primária da Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul, explicou que 114 mil pessoas não tomaram a segunda dose no prazo correto no estado ou não houve o registro adequado. Para diminuir esse número, Ana explica como vai ser essa ação.

De acordo com o Ministério da Saúde, mesmo que a segunda dose esteja atrasada é muito importante completar o esquema vacinal e isso não compromete a eficácia da imunização. Ana Costa fez um apelo para que as pessoas fiquem atentas aos prazos de reforço da vacina e para que as famílias auxiliem os idosos com a data da 2ª dose.

Para ela, a vacina, aliada a outras medidas sanitárias, é a saída mais eficaz para combatermos o coronavírus.

Segundo dados do Ministério da Saúde, tanto o Instituto Butantan quanto a Fiocruz, a Fundação Oswaldo Cruz, têm capacidade de produzir 1 milhão de imunizantes por dia, o que garantiria 60 milhões de doses ao programa por mês.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.