Na próxima terça-feira, dia 1º de maio, é comemorado o Dia do Trabalho no Brasil. Mas como anda o cenário do mercado ultimamente? De acordo com os dados divulgados pela PNAD/Mensal do IBGE em março, a taxa de desemprego no último trimestre no Brasil está em 12,60%. Essa porcentagem, comparada ao mesmo período do ano anterior, representa uma redução de 0,6 ponto, que corresponde à aproximadamente 426 mil pessoas que voltaram a ter uma ocupação remunerada.

De acordo com Jefferson Marcondes Ferreira, membro do Comitê Macroeconômico do ISAE – Escola de Negócios, com essa redução, é possível verificar que está ocorrendo de forma lenta e gradual a retomada da geração de empregos. “A expectativa é de que no primeiro semestre de 2018 o índice se estabilize e melhore caso haja a retomada do crescimento econômico e a estabilização política no país”, comenta o economista.

Levando em conta o panorama atual, é de extrema importância estar conectado com todas as questões que giram em torno do mercado de trabalho. Foi assim que surgiu o Instituto Mundo do Trabalho (IMT), fundado pelo presidente do ISAE, Norman de Paula Arruda Filho, juntamente com o advogado Célio Neto. Com a missão de ser protagonista na produção de conhecimentos por meio do debate multidisciplinar com a sociedade, para a construção de ações transformadoras no mundo do trabalho, o instituto tem por objetivo fomentar debate sobre as necessidades, impactos e oportunidades deste movimento.

De acordo com Tania Mara Lopes, Diretora de Relações Corporativas do ISAE e Diretora Executiva do IMT, quanto mais cientes os trabalhadores estão de seus direitos, responsabilidades e dos impactos de suas ações no mundo do trabalho, maior será a consciência do exercício de sua autonomia, de seu trabalho e do desenvolvimento de suas potencialidades. “Pelo fato do trabalho ocupar hoje grande parte das nossas horas ativas, ele se torna um dos instrumentos mais valiosos que temos de interação e expressão. Por isso é tão necessário estar por dentro de tudo”, explica.

Segundo Tania, o IMT trabalha com ações voltadas para o debate com a sociedade sobre temáticas relacionadas ao mundo do trabalho, pesquisas e publicações e comitês estratégicos, como por exemplo workshop sobre Terceirização e Reforma Trabalhista, Seminário de Empregabilidade e Planejamento de Carreira 1º Fórum das Relações de Trabalho, entre outras atividades.

O propósito da parceria é possibilitar, de maneira inovadora, a mudança de referências e posturas, a valorização do aprendizado, o incentivo ao exercício da autonomia intelectual e a promoção de uma rede de aprendizes que discutam de forma interativa o Mundo do Trabalho, inspirados pelos valores da Educação Transformadora. “As bases do Instituto, estão fundadas em uma educação híbrida, multidisciplinar, transformadora e geradora de conhecimentos aplicáveis nas relações de trabalho, promovendo resultados sustentáveis”, concluir a diretora.