A equipe de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente notificou esta semana os responsáveis por dois lava-jatos que funcionavam sem o alvará de localização e a licença ambiental que permite a atividade. Os casos aconteceram no Bingen, na Rua Ingelheim, e no Centro, na Rua Coronel Veiga. Os empresários ganharam um prazo de 20 dias para darem entrada na documentação, caso contrário, serão multados.

“A água proveniente da lavagem dos veículos contém resíduos de substâncias tóxicas e não devem ser descartada no meio ambiente antes do tratamento adequado, pois acabam contaminando a água e o solo. Os lava-jatos também precisam regularizar a utilização de recurso hídrico junto ao órgão ambiental competente”, explica Miguel.

No ano passado, a Secretaria de Meio Ambiente atendeu 1.030 casos de crimes ambientais no município, entre casos de supressão de vegetação, poluição de curso hídrico, contaminação de solo, empresas funcionando sem licença ambiental e queimadas. São realizadas operações semanais com o objetivo de reduzir os casos.

“O nosso principal fiscal é a população de Petrópolis. Por conta disso, disponibilizamos um número de celular que funciona 24 horas, todos os dias da semana, para recebermos as denúncias. É fundamental que os moradores liguem para registrar a denúncia na Secretaria”, pede Fred Procópio, secretário de Meio Ambiente.

A partir de denúncias recebidas pela fiscalização, o dono de um terreno, na Rua Alberto Pullig, no Bela Vista, que criava porcos de maneira irregular também foi multado. Em uma operação realizada em conjunto com uma equipe da Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea) nesta sexta-feira (02.03), os agentes constataram que a área destinada para a criação dos animais fica às margens de um rio e que os dejetos são lançados diretamente no curso hídrico, sem qualquer tratamento. O veterinário da prefeitura também relatou que os suínos estavam sendo criados em um espaço inapropriado. O responsável vai responder pela infração ambiental e terá que cumprir uma série de exigências para adequação do local, caso contrário, o espaço será interditado.

As denúncias de crimes ambientais podem ser feitas para a Secretaria de Meio Ambiente através dos telefones: (24) 2233-8180 e (24) 98828-8633.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis