O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), vinculado ao Ministério de Justiça, multou, em seis milhões de reais, a empresa Arcos Dourados Comércio de Alimentos Ltda (McDonald’s), por publicidade abusiva direcionada ao público infantil, em razão da realização do “Show do Ronald McDonald” em escolas. O caso teve início em 2013, depois de denúncia feita pelo programa Criança e Consumo, do Instituto Alana.

Levantamento feito pelo Criança e Consumo à época constatou, em apenas dois meses, mais de 60 apresentações do palhaço em diversos estados do país, em escolas de educação infantil e creches.

“Esse é o maior valor de multa já aplicada em um caso de publicidade infantil. É fundamental que as crianças sejam protegidas contra ações publicitárias ilegais, inclusive – e especialmente – dentro do ambiente escolar, um espaço de desenvolvimento que não deve sofrer interferência de marcas e produtos. É, sem dúvida, uma importante vitória para a infância brasileira e nós comemoramos a atuação do DPDC em defesa dos direitos das crianças.”, ressalta Ekaterine Karageorgiadis, coordenadora do programa Criança e Consumo.

Fonte: AD NEWS