Reprodução/TV Globo

Mar de lama toxica destrói casas, carros e plantações em Brumadinho

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Uma nova tragédia ambiental envolvendo a mineradora Vale acomete o Brasil, agora com a população de Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Após o despejo de lama, a prefeitura de Brumadinho e a de São Joaquim de Bicas publicou um alerta nas redes sociais para que a população não fique perto do leito Rio Paraopeba.

A barragem que rompeu pertence a mineradora Vale. A empresa emitiu nota informando que o rompimento ocorreu no início da tarde desta sexta, na Mina Feijão. Segundo as primeiras informações, os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco. “A prioridade total da Vale, neste momento, é preservar e proteger a vida de empregados e de integrantes da comunidade”, disse em nota.

Uma grande quantidade de lama toxica desceu junto com a correnteza do rio Paraopeba e corre o risco de desaguar no Rio São Francisco.

Ainda não há informações sobre vítimas. Imagens aéreas mostram que um mar de lama que destruiu casas, carros e plantações. O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil estão no local.

Crédito da foto: Reprodução/TV Globo

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.