Mapa de risco da Covid-19: estado apresenta bandeira roxa

Governo reforça importância de medidas de prevenção, amplia leitos de internação para pacientes com Covid-19 e distribui mais de 890 mil doses de vacina, neste fim de semana

A 24ª edição do Mapa de Risco da Covid-19 mostra que a situação da pandemia se encontra em risco muito alto (roxo) no Estado do Rio de Janeiro.  As regiões Litorânea, Centro Sul, Médio Paraíba, Metropolitana I e Norte estão classificadas com risco muito alto (bandeira roxa); as regiões Metropolitana II, Serrana, Noroeste e Baía de Ilha Grande estão classificadas com risco alto (bandeira vermelha), conforme mapa de risco da Covid-19. A análise compara a semana epidemiológica 11 (de 14 a 20 de março) com a 09 (de 28 de fevereiro a 06 março) de 2021.

Cada bandeira representa um nível de risco: roxa (risco muito alto), vermelha (risco alto), laranja (risco moderado), amarela (risco baixo) e verde (risco muito baixo).

Na comparação do período analisado, o Rio de Janeiro apresentou um aumento no número de óbitos (29%) e também de casos de internações por síndrome respiratória aguda grave (26%). As taxas de ocupação de leitos do estado, nesta sexta-feira (02.04), estão em 90% para UTI, e em 80,7% para enfermaria. Os resultados dos indicadores auxiliam na tomada de decisão dos gestores públicos, além de informar a necessidade de adoção de medidas restritivas, conforme o nível de risco de cada região.

Abertura de leitos – A Secretaria de Estado de Saúde abre a partir deste sábado (03.03), de forma gradativa, 150 leitos no Hospital Estadual Dr. Ricardo Cruz, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. São 60 leitos de UTI e 90 de enfermaria para atender, neste momento, exclusivamente pacientes com Covid-19.

Além disso, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) reforça que vem trabalhando diuturnamente para aumentar a oferta de leitos para atendimento a casos de Covid. Desde a semana passada, em articulação com o Ministério da Saúde (MS), foram abertos mais de 400 leitos para tratamento de pacientes com Covid-19.

Distribuição de vacinas – A SES distribuiu nesta sexta-feira (02.04) aos 92 municípios do estado 896.400 doses da vacina contra a Covid-19, sendo 825.400 da CoronaVac e 71 mil da Oxford/AstraZeneca. As cidades do Rio, Niterói, São Gonçalo e Maricá fizeram a retirada por via terrestre, na Coordenação Geral de Armazenagem (CGA) da SES, em Niterói. Já para os outros 88 municípios, a distribuição foi feita por sete helicópteros, sendo dois do Governo do Estado, dois da Secretaria de Estado de Polícia Civil, dois do Corpo de Bombeiros e um da Secretaria de Estado de Polícia Militar.  As aeronaves saíram do Grupamento Aeromóvel da Polícia Militar e do 12º BPM, em Niterói.

Doses recebidas e enviadas – A SES recebeu do Ministério da Saúde (MS), até esta quinta-feira (01.04), 4.391.120 doses da vacina contra a Covid-19, sendo 3.865.520 da CoronaVac e 525.600 da Oxford/AstraZeneca. Com as entregas realizadas nesta sexta-feira (02.04), foram distribuídas 4.374.120 doses dos imunizantes, sendo 2.749.540 para primeira aplicação e 1.624.580 para segunda aplicação.

Vacinação – Até as 9h desta sexta-feira (02.04), o estado registrava 1.228.026 de pessoas vacinadas com a primeira dose e 360.678 com a segunda. O vacinômetro pode ser acessado pelo site: https://vacinacaocovid19.saude.rj.gov.br/

Nota Técnica SIEVS/CIV Nº 17/2021

Painel de Indicadores – 24ª atualização

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também

Detro-RJ realiza leilão com 204 lotes de veículos nesta quinta-feira

Para participar, basta se cadastrar no site do leiloeiro (www.rebocarleiloes.com.br). As informações são confidenciais e guardadas em sigilo, sendo utilizadas para emissão de nota fiscal. É importante lembrar que os veículos arrematados devem ser retirados do depósito no estado em que foram adquiridos.