Mais de 60 lojas são vistoriadas no Bingen em ação educativa do Procon

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Uma nova etapa da operação para verificar se as lojas da cidade estão cumprindo às regras do Código de Defesa do Consumidor foi concluída nesta terça-feira (28.05) no Bingen. Foram 63 lojas fiscalizadas, das quais 24 serão notificadas por não ter o livro de reclamações, 25 não possuíam um exemplar do CDC e foram contempladas com o código e 49 não disponibilizavam, em local visível, o cartaz com os contatos do órgão de defesa do consumidor. A iniciativa, que começou na última semana já passou por 658 lojas em toda a cidade.

E essa ação já demonstra resultados. Desde que a fiscalização começou, 89 lojas que não possuíam o livro de reclamações ou não o tinham registrado no Procon já foram até o órgão de defesa do consumidor fazer a regularização do livro. Segundo a legislação, as reclamações registradas nele devem possuir três vias. Uma delas será enviada ao Procon em, no máximo, 30 dias após seu preenchimento. A 2ª via ficará com o consumidor e a última com o próprio estabelecimento.

 “Essa é uma forma de educar os estabelecimentos e garantir que o consumidor tenha resguardado seus direitos, conforme preconiza o Código de Defesa do Consumidor, que é a legislação que resguarda os assuntos ligados às relações de consumo”, explica o prefeito Bernardo Rossi. “A operação já apresenta bons resultados e vamos continuar com ela até atingir a todos os estabelecimentos da cidade”, completa o coordenador do Procon, Bernardo Sabrá.

Na primeira fase da operação, as equipes estiveram nas Ruas do Imperador, Paulo Barbosa, 16 de Março, Teresa, Irmãos D’Angelo, entre outras. Nesta segunda foi o polo de modas e demais lojas da região do Bingen. A ação continua ao longo das próximas semanas no dos distritos de Cascatinha, Itaipava, Pedro do Rio e Posse.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.