A Guarda Municipal do Rio montou esquema especial de patrulhamento com 1.560 guardas em apoio aos blocos de carnaval que desfilam neste fim de semana, dias 3 e 4 de fevereiro, em diferentes pontos do Centro e em bairros das zonas Sul, Norte e Oeste da cidade. Do efetivo total, 1.185 vão atuar no patrulhamento em geral e outros 375 serão empregados na fiscalização do trânsito, coibindo irregularidades como o estacionamento em local proibido, além de implantarem os pontos de bloqueios de tráfego definidos pela CET-Rio.

Neste sábado, dia 3, 752 guardas municipais vão atuar nos blocos “Imaginô, Agora Amassa” e “Areia”, no Leblon; “Simpatia é Quase Amor”, em Ipanema; “Xupa, mas não Baba”, em Laranjeiras; “Mendigos”, em Copacabana; “Ansiedade” e “Batuquebato”, no Centro; “Céu na Terra” e “Mistura Santa”, em Santa Teresa; “D’Samba”, no Recreio dos Bandeirantes; “Banda do Pechincha”, em Jacarepaguá; “Carmelitas”, no Centro, “Ilha encosta que ele cresce”, na Ilha do Governador; “Banda Haddock Lobo”, na Tijuca; “Pérola da Guanabara”, em Paquetá; além do ensaio da Escola de Samba Imperatriz Leopoldinense, na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão.

No domingo, dia 4, serão 808 guardas atuando nas ruas para a passagem dos blocos “Suvaco de Cristo”, no Jardim Botânico; “Gigante da Lira”, em Laranjeiras; “Empolga às 9”, em Ipanema; “Chora me liga”, “Blocão de Copacabana”, “Alegria da Zona Sul” e “Banda do Arroxo”, em Copacabana; “Bloco da Preta Gil”, “Fogo e Paixão”, “Escravos da Mauá” e “Cordão do Boitatá”, no Centro; “Tamo Junto in Folia”, em Bangu; “Timoneiro da Viola”, em Madureira; “Fuzuê da Ilha” e “Banda da Praia da Bica”, na Ilha do Governador.

Fonte: Guarda Municipal do Rio de Janeiro