O programa Mais Asfalto agora tem 7 equipes todos os dias nos bairros. São 45 operários trabalhando na  manutenção viária na cidade e com uma nova ‘modalidade’: não são feitos tapa-buracos e, sim, trechos maiores de cobertura.  A meta é melhorar as condições de ruas que servem de itinerário para os ônibus que atendem as comunidades. Nesta segunda-feira (08.10), 9 ruas receberam o serviço, beneficiando 30 linhas de ônibus e cerca de 850 viagens diárias. O prefeito Bernardo Rossi acompanhou os serviços feitos em São Sebastiao e Castelo São Manoel. Também foram atendidas ruas da Mosela, Quitandinha e Centro.

Cada local recebeu uma média cinco toneladas de asfalto. “ Petrópolis passou mais de cinco anos sem aplicação de asfalto. Hoje estamos trabalhando duro para recuperar tudo. Temos frentes do Mais Asfalto em ruas centrais onde circulam os ônibus e também nos bairros para garantir a circulação de todas as linhas”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

No Castelo São Manoel, o serviço ocorreu na Rua 8 (Rua Ricardo Otello). A linha 609 usa a rua como itinerário em 41 viagens por dia. A linha noturna 619 também passa por lá, com cinco viagens. “Tem ônibus aqui praticamente a cada 20 minutos. A gente as vezes tenta ajudar, colocando um pouco de cimento, mas o asfalto é melhor. Esse serviço é muito importante”, destacou o morador Francisco de Assis.

O bairro já vem sendo atendido desde o fim de setembro, com aplicação de asfalto nas ruas 12 (Estrada Manoel Walter Bechtulluft) e Visconde de Taunay. Outros trechos do bairro também serão atendidos nos próximos dias.

No São Sebastião, o trabalho ocorreu na Rua João Evangelho, que é o ponto final das linhas que atendem a comunidade Olga Castrioto – 409, 448 e 461 – que fazem 38 viagens por dia no total.

“Para a gente, isso é ainda mais importante porque, quando chove, o ônibus derrapa e fica perigoso, então é muito bom que estejam colocando asfalto por aqui”, afirmou o morador Flávio Henrique.

Ainda no São Sebastião, a Servidão Aladia Lopes também recebeu manutenção viária.  O serviço ainda ocorreu na Rua Silva Jardim, itinerário de 12 linhas que fazem 322 viagens por dia. Também foi atendida a Rua Fonseca Ramos, que serve de passagem 13 linhas e 438 viagens. A Rua Frederico Francisco Mayworm (Mosela), Cardoso Fontes (Castelânea), Victor Meirelles (Alto da Serra) e a Travessa Augusto Fragoso (Quitandinha)foram outras ruas com manutenção viária nesta segunda.

“O serviço vai continuar avançando e já estão no cronograma dessa semana para serem atendidas ruas do Castelo São Manoel, Mosela, Quitandinha, Retiro, Estrada da Saudade, Duarte da Silveira, Itaipava, Samambaia, Corrêas, Quarteirão Brasileiro, entre outros. Esse trabalho vai melhorar a passagem dos ônibus, diminuir o tempo de viagem, reduzir as quebras de peças dos veículos, dar mais conforto para o passageiro e segurança para os motoristas”, enumera o secretário de Obras, Ronaldo Medeiros.

Além dos bairros, o Mais Asfalto atua também nas vias de maior circulação da cidade. O programa já pavimentou quase cinco quilômetros entre as ruas Santos Dumont, Souza Franco, Visconde de Bom Retiro, Aureliano Coutinho e Imperador. O serviço terá continuidade pela Rua Nelson Sá Earp, com cerca de 350 metros e com movimento de 22,5 mil veículos por dia. A via é uma das alternativas para quem vai para Mosela, Bingen, Valparaíso e Quitandinha.

O trabalho no Castelo São Manoel e no São Sebastião também foi acompanhado pelo vice-prefeito Baninho; pelo secretário de Serviços, Djalma Januzzi, e o vereador Silmar Fortes.