Mãe do Presidente do Brasil Jair Bolsonaro, recebe a segunda dose da Coronavac

Olinda Bunturi Bolsonaro, de 93 anos, recebeu a segunda dose da CoronaVac, vacina contra a Covid-19, nesta segunda-feira (8)
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A mãe do presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido), Olinda Bunturi Bolsonaro, de 93 anos, recebeu a segunda dose da CoronaVac, vacina contra a Covid-19, nesta segunda-feira (8) em sua própria residência em Eldorado, no interior de São Paulo. 

Olinda recebeu a primeira dose da vacina CoronaVac no dia 12 de fevereiro, segundo o cartão de vacinação da idosa. Após 24 dias, ela recebeu a segunda dose do imunizante, por volta das 10h30.

A CoronaVac é produzida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, ligado ao governo paulista. O Programa Estadual de Imunizações recomenda que o intervalo entre a 1ª e a 2ª dose seja de 28 dias (4 semanas) no caso da Coronavac. Já da vacina Oxford/AstraZeneca o intervalo é de 90 dias entre a 1ª e 2ª dose.

Além de Olinda, a cuidadora dela, Maria José Fermino, de 61 anos, também foi vacinada nesta segunda-feira. Ela foi levada à Unidade Básica de Saúde (UBS) do município onde foi aplicada a primeira dose da vacina Oxford/AstraZeneca. A previsão é que ela receba a segunda dose em 8 de junho.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Observatório Covid-19 alerta para cenário de alto risco

Segundo o estudo, a combinação do número alto de casos com uma ligeira queda no número de óbitos e a maior parte dos estados com alta taxa de ocupação de leitos UTI Covid-19 para adultos no Sistema Único de Saúde (SUS) é muito preocupante.

Comentários estão fechados.