A partir de 17 de setembro de 2018 as Casas Lotéricas deixarão de receber as cobranças da Enel Distribuição Rio. A empresa alega que o motivo da paralização do serviço foi motivada pelo reajuste de cerca de 40% da tarifa cobrada pelo banco para receber as faturas nas casas lotéricas.

Confira a nota de esclarecimento da Enel enviada para o Portal Giro:

A Enel Distribuição Rio esclarece que está em negociação com a Caixa Econômica Federal (CEF) para que as casas lotéricas continuem recebendo os pagamentos de contas da distribuidora. A empresa reforça que houve avanço nas negociações e que continuará o diálogo com a CEF. A Enel ressalta ainda que as lotéricas continuarão recebendo contas de energia mesmo após o dia 5 de agosto.

A distribuidora esclarece que a negociação com a Caixa Econômica foi motivada pelo reajuste de cerca de 40% da tarifa cobrada pelo banco para receber as faturas nas casas lotéricas. Para se ter uma ideia, o valor proposto pela Caixa chega a ser 60% acima do atualmente praticado em canais semelhantes de outros bancos. Como as taxas de arrecadação entram no cálculo das tarifas de energia, caso o contrato seja renovado, o aumento no valor sugerido pela Caixa pode ser repassado para as tarifas na próxima revisão tarifária, com impacto na conta de luz para os consumidores da companhia.

A Enel reforça que os clientes da companhia contam com outras opções de pagamento, como o cadastro das contas em débito automático, internet banking ou aplicativos, além dos caixas eletrônicos e correspondentes bancários, como supermercados, farmácias ou comércios. Os clientes de bancos conveniados (Banco do Brasil, Santander, Bradesco e Itaú) podem cadastrar as contas em débito automático pelo site da companhia, pela Central de Atendimento (0800 28 00 120) ou em uma das lojas de atendimento da distribuidora. Além disso e para os demais bancos, é possível também realizar o cadastro pelos canais de atendimento (Internet Banking, app ou agência) dos próprios bancos.