Foto: Agência Brasil

Lojas de animais podem ser obrigadas a reservar espaço para adoção

Os animais disponibilizados para adoção deverão ser vacinados e vermifugados
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Os pet shops que vendem animais domésticos podem ser obrigados a reservar também um espaço para adoção. Essa é a proposta do projeto de lei 471/15, do deputado Luiz Martins (PDT), que será votado pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) nesta terça-feira (15/12), em primeira discussão. Por já ter recebido emendas parlamentares, o texto poderá ser modificado durante a votação.

Segundo o texto, os animais disponibilizados para adoção deverão ser vacinados e vermifugados. Além disso, os pet shop que não trabalham com o comércio de animais deverão realizar parcerias com organizações especializadas para promover eventos mensais de adoção. “A convivência com animais domésticos traz vantagens a pessoas de todas as idades”, destaca o autor do projeto.

A norma deverá ser regulamentada pelo Executivo, que poderá propor incentivos fiscais, subsídios e parcerias público privadas (PPP) para garantir benefícios a estes estabelecimentos.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.