Uma das maiores redes de varejo do Brasil, as Lojas Americanas, vendiam em suas lojas virtuais, até a tarde desta terça-feira, dezenas de modelos de camisetas que exaltavam o candidato do PSL à presidência, Jair Bolsonaro. Além de estampas com palavras “Lenda”, “Mito” e associações do candidato a filmes como “O Poderoso Chefão”, o catálogo digital oferecia também camisetas depreciativas ao candidato a presidente pelo PT, Luiz Inácio Lula da Silva, representado por um mão sem o dedo mindinho. Lula está preso por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em Curitiba.

As camisetas também estavam disponíveis nas lojas virtuais do Submarino e do Shoptime. As três empresas pertencem ao grupo B2W. Os modelos possuem versões masculina, feminina e infantil.

Procurado pelo Jornal O DIA, o grupo B2W informou apenas que a companhia desautoriza a venda de qualquer material de campanha política e que os produtos foram retirados dos sites e os sellers (fornecedores), suspensos.

Corrigindo a informação divulgada anteriormente, a marca Di BNuevo não pertencente ao grupo B2W. Trata-se de um seller (lojista independente), que utiliza a plataforma de ecommerce da B2W Marketplace para verder seus produtos. E o seller também já foi suspenso de todos os sites da B2W.

 

Materia atualizada em 30/09, as 12h.

Fonte: ODIA