Linhas de ônibus voltar a operar no Terminal do Centro

Linhas da Petro Ita que estavam parando nas ruas Dr. Porciúncula e Souza Franco já estão parando novamente no terminal
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Depois da reforma do Terminal Centro, algumas linhas de ônibus que foram transferidas durante a obra, voltaram a operar no local. Os primeiros ônibus que retornaram são os da empresa Petro Ita que estavam parando nas ruas Dr. Porciúncula e Souza Franco e, na sequência, retomam operação no local as linhas da viação Cidade Real que foram levadas para Dr. Porciúncula e da Cascatinha que estavam com ponto final na Rua do Imperador.

A operação foi retomada ainda na noite de quinta-feira (02.07), logo após o ato de inauguração. O Terminal Centro passou pela maior reforma em muito tempo, com intervenções que deixaram telhado, piso, parte elétrica, pintura e pavimentação totalmente novos.

“A reforma do Terminal Centro era uma das metas do governo e agora todas as pessoas que passam e trabalham aqui vão aproveitar um espaço melhor, mais confortável e mais adequado para toda população. Os ônibus já estão circulando de novo e todos vão poder ver o resultado dessa obra tão importante para a cidade. Desde o início dessa obra, a gente tinha a certeza de que ela poderia até trazer um transtorno por um curto período, mas agora todos vão ver o benefício que vai ficar para a cidade por vários anos”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

O Terminal Centro é destino de 1.640 viagens de 80 linhas de ônibus com destino a bairros como Alto da Serra, Quitandinha, Bingen, Retiro e Valparaíso. Antes da pandemia, o movimento alcançava 100 mil pessoas, entre passageiros e pedestres. Logo pela manhã, a moradora da Castelânea, Thais Filgueiras, gostou de ver o resultado da reforma.

“O Terminal ficou lindo. Meu ônibus parou hoje lá e eu achei que ficou muito boa. Gostei de ver as pias instaladas para lavar as mãos. O piso também ficou bonito. Espero que todo mundo que passa por aqui ajude a cuidar”, disse ela.

As pias colocadas próximo ao banheiro feminino são instalações provisórias para permitir que a população faça a lavagem das mãos, de forma a prevenir o contágio do coronavírus. O piso em granitina foi todo refeito e polido e ainda foram instalados azulejos podotáteis para auxiliar no deslocamento de pessoas com deficiência visual – ou seja, a reforma tornou o Terminal Centro mais acessível.

Além desses pontos, o telhado também sofreu intervenções e teve todas as telhas substituídas, com instalação de rufos e cumeeiras e impermeabilização de calhas para evitar poças e infiltrações. A parte elétrica foi substituída, com destaque para a colocação de 57 luminárias de LED, deixando o terminal mais iluminado. A revisão da parte elétrica também permite a instalação de câmeras de monitoramento (que serão ligadas ao Ciop) e internet Wi-Fi que ficará disponível para a população – os serviços já estão sendo providenciados e contratados. A pavimentação da área de circulação de ônibus foi totalmente refeita e a pintura tanto na parte interna quanto externa foram revitalizadas.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.