O campeonato mundial de Fórmula 1 na atual temporada, após 4 corridas, é marcada pela imprevisibilidade, principalmente pelo fato de quem em três etapas, acidentes mudaram o curso de provas que pareciam ter vencedores certos.

A corrida de hoje começou com Vettel disparando na frente, chegando a ficar vinte segundos a frente de Hamilton, que posteriormente foi superado por Bottas, que desenhou uma boa estratégia de parada e conseguia ameaçar a partir daí a vitória do alemão da Ferrari.

Até que dois acidentes mudam o curso da prova, o primeiro foi entre dois carros da mesma equipe, as Red Bull de Ricciardo e Verstapen bateram no fim da reta dos boxes e já com o carro de segurança na pista a Haas do francês Romain Grosjean bateu no muro, após perder o controle, num trecho estreito.

Na relargada, Bottas avançou sobre Vettel e conseguiu a posição, Hamilton fez o mesmo passando os carros da Ferrari pilotados por Raikkonem e Vettel, respectivamente, só que Bottas vê seu pneu estourar após tocar em um pedaço de carro, abrindo caminho para seu companheiro de time vencer a prova e assumir a liderança do mundial de pilotos, Vettel ainda teve problemas e terminou numa modesta quinta colocação.

(imagem Mercedes AMG)