Pixabay

Leões estão extintos em 26 países da África

Atualmente, restam apenas 20 mil e esse número tende a diminuir drasticamente se não forem adotadas políticas sérias de proibição da caça.

Há pouco mais de um século existiam mais de 200 mil leões selvagens vivendo em liberdade em toda a África. Atualmente, restam apenas 20 mil e esse número tende a diminuir drasticamente se não forem adotadas políticas sérias de proibição da caça.

Para ajudar a conscientizar a população mundial sobre a luta pela sobrevivência dos leões, o projeto New Big 5, fundado pelo fotógrafo britânico Graeme Green, está realizando uma campanha fotográfica para celebrar o Dia Mundial do Leão, comemorado no dia 10 de agosto.

O New Big 5 afirma que a data precisa ser um alerta mundial para o declínio da população de leões. A organização ressalta que esses animais já estão extintos em 26 países da África e que os indivíduos remanescentes perderam 95% de seu alcance histórico. Eles estão à beira da extinção em todos os parques nacionais.

Green aponta que as principais ameaças à espécie são a caça de troféus e o comércio de partes de animais para atender as demandas do mercado asiático. O New Big 5 está realizando uma campanha para arrecadar recursos para a instituição de caridade Panthera, que atua na preservação de leões.

“O leão é um dos meus animais favoritos para fotografar e passar o tempo. É impossível imaginar a África sem leões. Além de serem animais incríveis, também são vitais para o equilíbrio natural e o futuro da África”, disse Green em entrevista ao Daily Mail. Clique aqui e veja as incríveis fotos do projeto.

Fonte: Anda

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também