Lei Seca fará ações educativas para conscientizar universitários da UFRJ sobre os riscos de beber e dirigir

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A ação acontecerá nesta sexta-feira (10/5) no campus do Fundão

Para conscientizar a comunidade universitária sobre como tornar o trânsito mais seguro, a UFRJ está em parceria com a Secretaria de Governo e Relações Institucionais (Segov), para levar ao campus do Fundão (na Ilha do Governador) iniciativas da campanha do Maio Amarelo (Mês de conscientização para um transito mais seguro). Nesta sexta-feira (10/5), entre 10 e 14 horas, equipes da Operação da Lei Seca estarão no Restaurante Universitário e arredores realizando atividades educativas.

Serão montadas cinco estações de orientação e, inclusive, em uma delas será possível fazer uma simulação virtual de como os motoristas se sentem ao guiarem veículos estando alcoolizados. Também será possível ver e testar os etilômetros (popularmente conhecidos como “bafômetros”) utilizados nas operações Lei Seca, além de receber informações dos estudantes do projeto Educação e Saúde: Álcool e Trânsito coordenado pela professora Ângela Abreu sobre os riscos de dirigir embriagado.

A iniciativa das Organizações das Nações Unidas (ONU) de transformar o período de 2011 a 2020 na “Década para Ações para Segurança no Trânsito” tornou o mês de maio referência mundial para a realização de ações e avaliações para reduzir o número de acidentes que atingem milhões de pessoas.

De acordo com a coordenadora da Operação Lei Seca, Verônica de Oliveira, as ações de educação da Lei Seca são fundamentais para educar crianças e jovens sobre a importância de não dirigir depois de beber.

Durante este mês a equipe de educação da Operação Lei Seca, cujos integrantes são pessoas com deficiência, irá realizar 29 palestras em empresas, 33 em escolas e uma em órgão público.  Este número pode aumentar já que os interessados em agendar palestras devem ligar para 2334-3218 ou enviar e-mail com a solicitação para ols.edu[email protected].  
Desde 2009, a Operação Lei Seca já realizou mais de 2.700 palestras em escolas, universidades e empresas de todo o estado, contando com a participação de 28 agentes de educação – pessoas com deficiência, que são vítimas de acidentes de trânsito provocados por consumo de álcool.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.