Por questões ambientais, o uso de canudinhos plásticos foi proibido em Petrópolis. A medida foi publicada no Diário Oficial do município na terça-feira (21).Com isso os estabelecimentos que fazem o uso de canudos tem seis meses para se adequar a nova lei.

De acordo com a publicação, restaurantes, lanchonetes, bares e similares, assim como vendedores ambulantes, devem parar com o uso e a partir de então, deverão fornecer apenas canudos de papel biodegradável ou recicláveis individualmente embalados também com materiais sustentáveis.

Ainda segundo o documento, quem descumprir a lei será punido, mas não informou de que forma isso ocorrerá.

A vereadora Gilda Beatriz (MDB) quem propôs a lei e para ela, este é um pequeno passo para uma forma de consumo mais consciente. “Além disto, a utilização dos canudos biodegradáveis ainda traz benefícios para a saúde e a diminuição de lixo acumulado nos aterros sanitários”, disse Gilda.

A proibição de canudos plásticos não é novidade no estado do Rio. Em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio, a utilização de canudos plásticos já está proibida desde junho do ano passado. Já na cidade do Rio de Janeiro, a proibição ocorreu em julho.