Justiça Militar decide pela prisão de militares supostamente envolvidos no avião com cocaína da FAB

Essas são as primeiras prisões do caso a partir das investigações após o flagrante do primeiro militar preso.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Justiça Militar deferiu buscas e prisões nesta quinta-feira (18) relacionadas ao processo que investiga o transporte de 39 kg de cocaína em um avião da FAB, do Brasil para a Espanha, em 2019. Segundo o Ministério Público, os alvos das prisões são seriam supostamente envolvidos no esquema de tráfico de entorpecentes: três militares e a mulher de um sargento preso em flagrante em 2019.

Essas são as primeiras prisões do caso a partir das investigações após o flagrante do primeiro militar preso. A Polícia Federal prestou apoio à Força Aérea Brasileira para cumprir os mandados de prisão e de buscas.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.