Foto: Gabriel de Paiva/Agência O Globo

Justiça decreta nova prisão para Gabriel Monteiro

O ex-vereador já estava preso preventivamente pelo estupro de jovem depois de uma festa numa casa noturna na Barra da Tijuca
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O ex-vereador e ex-militar Gabriel Monteiro, que havia sido preso na tarde do último dia 7, teve uma nova prisão decretada, pelos crimes de violação mediante fraude e assédio sexual contra seus ex-assessores.

Monteiro está preso desde o dia 7 de novembro, e está atualmente na Cadeia Pública Joaquim Ferreira de Souza, no Complexo de Gericinó, na Zona Oeste do Rio, pelo crime de estupro à uma vendedora.

O ex-vereador passou por audiência de custódia na tarde de terça-feira, e foi transferido para a Cadeia Pública Joaquim Ferreira de Souza, no Complexo de Gericinó, em Bangu, na manhã desta quarta-feira. O delegado Luis Armond, que comandou a investigação, contou o caso ocorreu em junho e chegou à polícia por relatos de uma testemunha.

Segundo o G1, o novo mandado de prisão de Monteiro é oriundo de uma investigação da 42ª DP (Recreio) e foi divulgado pelo Fantástico, da TV Globo, no começo do ano. Ele foi expedido no último dia 8 de novembro, um dia após o ex-parlamentar ser preso.

A decisão foi da juíza Simone de Faria Ferraz, da 43ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

O ex-parlamentar nega o crime e disse que vai provar sua inocência.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.