O jornalista Alberto Dines morreu aos 86 anos nesta terça-feira em São Paulo. A informação foi confirmada pelo Observatório da Imprensa, que fundou em 1996.

Ele estava internado há dez dias no Hospital Albert Einstein, no Morumbi, Zona Sul da capital. O hospital informou que o falecimento ocorreu às 7h15, sem revelar o motivo.

Alberto Dines começou sua carreira em 1952 na revista A Cena Muda, como crítico de cinema. Passou também pelas revistas Visão e Manchete até assumir, em 1959, a direção do caderno de cultura do jornal Última Hora.

Em 1962, jornalista assumiu a função de editor-chefe do Jornal do Brasil, onde permaneceu por doze anos até ser demitido — ele voltou à publicação em 1998, com uma coluna semanal de crítica jornalística.

Nos Estados Unidos, foi professor da Universidade de Columbia entre 1974 e 1975. Retornou ao país para assumir a chefia da Folha de S.Paulo no Rio de Janeiro, onde permaneceu até 1980.