Jornais do mundo repercutem a posse de Jair Bolsonaro como presidente

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A cerimônia de posse do presidente Jair Bolsonaro, realizada nesta terça-feira (1), em Brasília, é destaque em diversos veículos da imprensa internacional. A notícia ganhou a página principal do jornal italiano Corriere della Ser a, que escreveu sobre o vídeo publicado por Bolsonaro antes da posse, no qual promete “mudar o destino” do Brasil.

Em análise, o jornal britânico iFnancial Times , destacou as expectativas dos apoiadores de Jair Bolsonaro , mas relatou que a equipe ministerial tem vários nomes com pouca experiência política. Entre as preocupações citadas, a publicação relembra as declarações polêmicas e preconceituosas do presidente.

A rede BBC lembrou que Bolsonaro foi levado à vitória por suas promessas de campanha para conter a corrupção e o crime desenfreado do Brasil.

Posse de Jair Bolsonaro foi destaque na BBC
ReproduçãoPosse de Jair Bolsonaro foi destaque na BBC

O jornal francês Le Monde afirmou que em Brasília “reina a emoção” para acompanhar o que Bolsonaro chama de “celebração da democracia”. No entanto, o momento marca “a vitória da extrema-direita, do liberalismo militar, climático e econômico no Brasil”.

Já a publicação norte-americana Washington Post faz uma associação entre o presidente eleito e o mandatário dos Estados Unidos, Donald Trump , além de afirmar que a cerimônia marca “a mudança mais acentuada do país para a direita desde seu retorno à democracia há três décadas”. A agência internacional Associated Press , por sua vez, definiu o brasileiro como “o último entre vários líderes de extrema-direita que chegaram ao poder no mundo utilizando uma onda de ressentimento em relação ao establishment e com promessas de quebrar o status quo”.

Wall Street Journal deu ênfase a promessa de Bolsonaro de flexibilizar a permissão para a compra de armas de fogo no Brasil, enquanto que o New York Times disse que essa “política marcaria um afastamento significativo das onerosas regras brasileiras para a posse de armas, e especialistas dizem que isso provavelmente exacerbará a carnificina no país”.

Já os jornais espanhóis El País e o El Mundo ressaltam que este momento marca o início de uma nova era no Brasil. “Os ecos de uma recessão econômica que durou até 2017e as denúncias de corrupção contra o Partido dos Trabalhadores (PT), que governou o país por 13 anos, impulsionaram a ascensão de Bolsonaro, diz a primeira publicação.

El País ainda compara Jair Bolsonaro com os governos de Estados Unidos, Israel, Itália e Hungria”. Na Argentina, os jornais “Clarín” e “La Nación” também destacaram a cerimônia de posse de Bolsonaro e principalmente o esquema de segurança montado para o evento, que atingiu até a imprensa. 

Fonte: Último Segundo

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.