A maior polêmica do final de semana não poderia ficar de fora das pautas jornalísticas na manhã deste domingo (02). O caso que envolve Neymar foi sem sombra de dúvidas o maior destaque (negativo) neste final de semana. Há instantes Fernandinho, Everton Cebolinha e Lucas Paquetá responderam os jornalistas na janela de entrevistas, driblando comentários sobre as acusações feitas ao craque brasileiro.

Foto: Gabriel Malheiros

“Prefiro não falar. É um assunto pessoal. Estou focado no meu desempenho dentro da Seleção Brasileira” – disse o atacante Everton, jogador do Grêmio.

Foto: Gabriel Malheiros

Fernandinho declarou que nem sabia que a polícia estivera presente no CT Heleno Nunes, na Granja Comary. O volante comentou estar dormindo no momento em que o delegado Bruno Gilaberte, da 110ª DP, de Teresópolis, procurava por informações sobre o paradeiro do craque brasileiro, que chegou de helicóptero poucos minutos depois da Polícia Civil ter ido embora.

Comparado com Neymar por uma atitude dentro de campo em uma partida pelo Campeonato Italiano, Lucas Paquetá não disse qual foi a temática da conversa com Tite quando se apresentou à Seleção Brasileira.

Foto: Gabriel Malheiros

“Aprendi com o erro. Certamente não cometerei a mesma falha novamente. Sobre a conversa com Tite, é assunto interno nosso” – comentou Paquetá, quando questionado sobre sua expulsão durante o jogo entre Milan e Bologna, onde os rubro-negros italianos ganharam de 2 a 1. Na ocasião, Paquetá deu um tapa na mão do árbitro e recebeu cartão vermelho.

Os três convocados afirmaram estar ao lado de Neymar e duvidaram da atitude falha que o craque pode ter cometido, – conforme as investigações avançarem, os devidos esclarecimentos serão prestados.

Pouco futebol e muita polêmica

Pouco futebol e muita polêmica. Assim foi a janela de hoje com os três jogadores que foram disponibilizados para conceder entrevistas para os profissionais da imprensa que estiveram presentes na Granja Comary, no início da tarde deste domingo (02). Infelizmente mais uma vez não estamos falando do que um jogador é capaz de fazer dentro das quatro linhas, mas pelo que é acusado fora delas, – como o caso de Robinho.

Possível vítima de estupro, a jovem de 26 anos envolvida na questão com Neymar, realizou um Boletim de Ocorrência, em São Paulo, onde relatou que o atacante do PSG e da Seleção Brasileira teria bancado seus gastos na viagem à Paris, onde o craque reside. A moça alega que encontrou o atleta embrigado no dia 15 de maio e que ele teria ficado agressivo logo após os dois terem trocado carícias.

“Estou sendo acusado de estupro. É uma palavra pesada, é uma coisa muito forte, mas é o que está sendo feito no momento. Fui pego de surpresa. Foi muito ruim, muito triste escutar isso, porque quem me conhece sabe do meu caráter, da minha índole, sabe que eu jamais faria uma coisa desse tipo” – disse Neymar por meio do seu Instagram.

Imagens geradas através de uma conta oficial de Neymar Jr.

“O que aconteceu num dia foi uma relação entre um homem e uma mulher, entre quatro paredes, algo que acontece com todo casal, e no dia seguinte não aconteceu nada demais. A gente continuou trocando mensagem, ela me pediu lembrança pro filho e eu ia levar. Agora estou sendo pego de surpresa por causa disso” – continuou a declarar o atacante.

Em prints divulgados pelo próprio jogador é possível constatar um flerte entre ele e a jovem que lhe acusa. Ao saber que Neymar estava bebendo ela respondeu uma mensagem dizendo:

“Nossa também quero. 203 (certamente o número do quarto do hotel em que se hospedou). Pode entrar. E pula em cima de mim” – respondeu a jovem através do WhatsApp.

O pai de Neymar deu uma entrevista exclusiva para Datena, da TV Bandeirantes, no início da noite deste sábado (01). O apresentador revelou o nome da mulher que acusa NJR ao vivo e recebeu duras críticas por meio das mídias digitais. A consternação do apresentador em revelar o nome da moça dividiu opiniões, já que o inquérito tramita em segredo de justiça.

Procedimento à ser seguido

A Polícia Civil de Teresópolis investiga agora se o atacante invade a privacidade da jovem ao ter revelado conversas e fotos da mesma. Um inquérito à ser instaurado nesta segunda-feira (03), será apurado pela Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI). Neymar será investigado no artigo 281-C.

“Oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, vender ou expor à venda, distribuir, publicar ou divulgar, por qualquer meio – inclusive por meio de comunicação de massa ou sistema de informática ou telemática -, fotografia, vídeo ou outro registro audiovisual que contenha cena de estupro ou de estupro de vulnerável ou que faça apologia ou induza a sua prática, ou, sem o consentimento da vítima, cena de sexo, nudez ou pornografia” – destacou o globoesporte.com, ao detalhar ao que o artigo instaurado se refere.

As imagens divulgadas pelo craque brasileiro foram editadas (partes íntimas foram cobertas, assim como nomes e horários), com isso a polícia fará uma perícia técnica no celular do atacante do PSG e da Seleção Brasileira.

Atualizado às 20h56.