Foto: Divulgação/JBS

JBS diz que a maioria dos frigoríficos voltou a funcionar após ataque hacker

Fábricas do Brasil não foram afetadas.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A JBS, maior processadora de carnes do mundo, afirmou que a maioria dos frigoríficos dos Estados Unidos, Canadá e Austrália voltou a funcionar nesta quarta-feira (2), após ter sofrido um ataque cibernético que paralisou as fábricas desses países na última segunda-feira (31).

“A grande maioria de nossas unidades de carne bovina, suína, de aves e alimentos preparados na América do Norte já está operacional hoje”, informou a assessoria de imprensa da JBS no Brasil na manhã desta quarta-feira.

A empresa não detalhou o número de companhias que voltaram a funcionar e nem o total das que foram paralisadas. O ataque hacker não impactou as operações no Brasil e em nenhum país sul-americano. Fábricas no México e no Reino Unido também não foram afetadas.

A JBS disse ainda que não tem conhecimento de nenhuma evidência de que dados de clientes, fornecedores ou funcionários tenham sido comprometidos.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.