Jamil Sabrá promete trazer novos cursos de capacitação para Petrópolis Jamil é candidato a Deputado Federal, pelo PDT

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Estado do Rio de Janeiro tem a pior taxa de desemprego da Região Sudeste que, no segundo trimestre deste ano, chegou a quase 16% da população, segundo o IBGE. O Rio segue sem conseguir se recuperar da crise política e econômica dos últimos anos, e em Petrópolis, o desemprego também é sentido, mas em determinadas áreas, como a de tecnologia por exemplo, existem vagas e falta capacitação profissional.

Tendo em vista esses dados, o candidato a Deputado Federal pelo PDT, Jamil Sabrá, tem a vontade de investir em cursos profissionalizantes para melhor capacitação dos jovens para o mercado de trabalho, nas principais vertentes econômicas da cidade: turismo, têxtil, cerveja produção rural e a tecnologia.

  • Nós temos aqui o Laboratório Nacional de Computação Científica, na área de pesquisa e capacitação, e o Pólo Tecnológico da Quitandinha, onde várias empresas de tecnologia estão instaladas. Precisamos capacitar nossos jovens para trabalhar nesta área – comentou Jamil.

A tecnologia também pode ser uma aliada para atrair o interesse dos jovens para a produção rural, haja visto que Petrópolis é o maior produtor de orgânicos do estado. Uma das vontades dos produtores é que os filhos possam dar continuidade a este trabalho feito há pelo menos 40 anos na região do Brejal, que fica no limite do município, entre a Posse e Areal.

  • É possível desenvolver aplicativos voltados para o monitoramento do clima, do solo e mapeamento de área, por exemplo. É a modernização de um trabalho extremamente importante para diversas famílias e para a economia no município – justificou o candidato, Jamil Sabrá.

Uma outra área em expansão não só em Petrópolis, mas no mundo todo, é a das cervejas artesanais. Com a Lei das Microcervejarias que facilitou a instalação de novas cervejarias na cidade, vários empregos diretos e indiretos foram criados. Trazer capacitação nesta área é uma forma não só de expandir este mercado, mas também de desenvolver um calendário turístico que envolve não só Petrópolis, mas outras cidades da Região Serrana. Um outro desafio é recuperar a autonomia da Rua Teresa. que nos últimos anos, foi invadido por produtos chineses, após ser considerado o maior Pólo de roupas a céu aberto da América Latina. O resultado hoje é uma enorme quantidade de lojas vazias na Rua Teresa, já que o investimento encareceu, a concorrência com produtos mais baratos se torna mais difícil.

  • Não podemos perder esta vocação, por isso é importante não só capacitação nesta área, como também incentivos para que os empresários voltem a fabricar e ter condições de manter os seus negócios na cidade – completou Sabrá.

Por: Redação Portal Giro

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.