A Policia Civil do Estado do Rio de Janeiro destinou nesta quinta-feira (22/03) mais de 250 mil tubos plásticos PCR (tipo eppendorf) para o Instituto HemoRio, após autorização do Juiz da 4ª Vara Criminal de Niterói.

O material foi apreendido em 21/02/2018 pelos agentes da 78ª DP (Fonseca) na “Operação Wallpaper”, que investigou uma organização criminosa acusada de fornecer insumos e materiais destinados à embalagem de drogas para as principais favelas de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá e Região dos Lagos. Na ocasião duas pessoas foram presas, acusadas de Associação para o Tráfico de Drogas e Lavagem de Dinheiro, entre eles um empresário dono de duas grandes casas de festas do município de São Gonçalo. Veículos, imóveis e 80 mil reais em espécie foram apreendidos e sequestrados por ordem judicial e poderão ser destinados à Policia Civil para uso no combate ao tráfico de drogas.

O material, que tem como destinação principal o uso laboratorial, é utilizado em larga escala no Instituto HemoRio para análise de amostras do sangue coletado.

Fonte: Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro

Crédito da foto: Divulgação / Ascom PCERJ