Instituto Vishva Vidya recebe visita do prefeito Hingo Hammes

Instituto traz visibilidade nacional e internacional a Petrópolis como polo de inovação tecnológica, espiritualista e de autoconhecimento 
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Reconhecido nacional e internacionalmente dentro da tradição védica por seus trabalhos na área educacional e social, o professor tradicional de Vedanta Jonas Masetti recebeu, no Instituto Vishva Vidya, a primeira visita oficial de representantes da Prefeitura de Petrópolis. O prefeito interino Hingo Hammes conheceu as instalações do instituto, os projetos sociais mantidos pelo Instituto Jonas Masetti e experienciou o Domo, tecnologia pioneira no Brasil para educação online. No instituto, o sistema é voltado para o ensino de Vedanta, Sânscrito e outras disciplinas da tradição védica, um conhecimento ancestral, originário da Índia. Assim, Petrópolis é a única cidade brasileira a contar com essa tecnologia, o que a coloca como um polo de inovação tecnológica na área da educação. 

Durante a visita o professor Jonas conversou com o prefeito Hingo sobre o pioneirismo do Instituto Vishva Vidya em diversas áreas e como isso tem evidenciado o nome de Petrópolis tanto dentro do Brasil como internacionalmente. “Em sete anos, é a primeira vez que a Prefeitura visita e conhece o nosso trabalho, que, junto com nosso comprometimento tem valorizado o nome da nossa cidade no cenário nacional e internacional”, disse o professor Jonas, reconhecido como um dos embaixadores da Tradição Védica na América do Sul. 

Com esse reconhecimento feito pelo primeiro-ministro da Índia, Petrópolis também se destaca sendo referência internacional em autoconhecimento, espiritualidade e Tradição Védica. Em seu pronunciamento, Narendra Modi fala de Petrópolis ao discorrer sobre a seriedade, o comprometimento e a abrangência do trabalho do professor Jonas em disseminar Vedanta no Brasil e no mundo.

Durante os sete anos de atividades em Petrópolis, o Instituto Vishva Vidya tem consolidado seu trabalho dando visibilidade e levando o nome de Petrópolis a todos os cantos do Brasil e a diversos países. Seja com suas aulas online, que chegam a mais de 150 mil pessoas, seja trazendo a Petrópolis grandes nomes da Tradição Védica, dignitários e autoridades que visitam o trabalho desenvolvido aqui na cidade, como foi o caso de todo o corpo diplomático da Índia que veio conhecer o Instituto.

“Ter aqui em Petrópolis uma organização que dê exposição em nível nacional e internacional à nossa cidade é de extrema importância. Ficamos encantados com tudo que vimos. Todos os projetos sociais mantidos, a tecnologia. É um grande tesouro instalado na nossa cidade. E o que é melhor: dando visibilidade ao nosso município, trazendo pessoas de todas as partes do mundo para cá”, disse o prefeito interino Hingo Hammes.

Durante a visita ao Domo, Hingo interagiu com os alunos do Vishva Vidya que estavam em aula. A tecnologia traz um conceito inovador de aulas online, pois toda essa estrutura de áudio e vídeo proporcionam experiências mais dinâmicas aos espectadores, como se eles estivessem realmente no local das imagens. Foi o que o prefeito experienciou em sua visita: ele assistiu ao primeiro episódio da série “Expedição Vedanta”, em que o professor Jonas leva o conhecimento de Vedanta a vários lugares do mundo, em uma linguagem moderna, simples e acessível. 

O vídeo intitulado “Todo mundo deveria ver esse vídeo sobre pais e filhos” mostrou ao prefeito um pouco mais do que tem sido realizado em Petrópolis, o que é Vedanta e porque esse conteúdo tem conectado tantas pessoas ao tratar de autoconhecimento e ajudá-las a compreender que a felicidade não está do lado de fora e sim no nosso interior, o que traz equilíbrio, bem-estar e harmonia aos praticantes. Vedanta é um meio de conhecimento que ensina as pessoas que elas já são completas e já tem a felicidade que buscam. São estudos de textos reconhecidos como os mais antigos da humanidade. É um caminho de autoconhecimento.

O prefeito Hingo Hammes também se encantou com os projetos sociais mantidos pelo Instituto Jonas Masetti: o Açucena, que atende mulheres em situação de vulnerabilidade com a geração de renda e um programa inédito para o seu desenvolvimento integral; e o Pequena Tribo que oferece a crianças de 06 a 10 anos, atividades no contraturno escolar para que, além de se desenvolverem como seres humanos, consigam ficar longe da marginalidade.

Além disso, o Instituto Jonas Masetti tem planos para Petrópolis que contemplam a criação de novos projetos sociais atrelados à possibilidade de trazer arte, cultura e mais cursos e atividades de autoconhecimento e trabalho sobre si para Petrópolis. “Temos ainda muito mais a contribuir com a cidade”, finalizou o professor Jonas Masetti.

Fonte: Divulgação

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.