Instalação de postes da central de monitoramento avança para os distritos Trabalho aconteceu entre Itamarati e Bonsucesso e já são 32 postes colocados até esta terça-feira (27.03)

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O trabalho de colocação de postes de sustentação das câmeras de monitoramento do Centro Integrado de Operações de Petrópolis (Ciop) está avançando para os distritos. Nesta terça-feira (27.03), mais sete pontos tiveram a instalação: Quissamã, Itamarati, Ponte Branca, em frente ao Terminal Corrêas, Praça de Corrêas, Praça de Nogueira e Trevo de Bonsucesso. Com isso, já são 32 postes instalados em toda cidade. O prefeito Bernardo Rossi acompanhou o serviço em Nogueira.

Em toda cidade, serão 46 câmeras que filmam em 360º. Além disso, as entradas da cidade ainda terão mais 10 câmeras fixas nos pórticos do Bingen e do Quitandinha, no Alto da Serra, no trevo de Bonsucesso e na Posse. Os equipamentos fazem reconhecimento facial e de placas.

“O sistema de monitoramento ainda vai crescer ainda mais, com a segunda fase do projeto, que terá mais 40 câmeras e vai alcançar o total de 86 pontos monitorados em toda cidade, integrando e melhorando o trabalho de Guarda Civil, Polícia Militar, Polícia Civil, CPTrans, Defesa Civil e Bombeiros”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

A previsão é de finalizar a instalação dos postes esta semana e, na semana que vem, começa a colocação das câmeras. De acordo com a Emive, responsável pela implantação do sistema de monitoramento, esta é a fase mais longa e poderá se estender até meados de maio.

“É a fase mais demorada porque cada ponto deve se comunicar com a central, então é uma fase mais demorada mesmo”, explica o engenheiro da Emive, Rodrigo Gonçalves Silva. Ao mesmo, será feita toda instalação de mobiliário e equipamentos na central de monitoramento, que ocupará uma sala de 90 m² do Centro de Cultura Raul de Leoni.

Antes desses locais, a Emive já havia colocado postes em Av. Ipiranga, 13 de Maio, Praça da Águia, Praça da Liberdade, Montecaseros, Palácio de Cristal, Gehren, Mosela (entrada), Estácio/HST, Rua Teresa (quatro pontos), Alto da Serra (dois pontos), Praça Pasteur, Duas Pontes, Valparaíso, Cel. Veiga (em frente à Patrone), Ponte Fones, Pórtico do Bingen, Rua Teresa, Cascatinha, Retiro (próximo a 105ª DP) e Carangola (próximo à churrascaria Palhoça).

Para colocação dos postes, dois funcionários da empresa cavam um buraco de cerca de um metro de profundidade e usam concreto para fixar o equipamento de sustentação das câmeras.

O secretário de Serviços, Segurança e Ordem Pública, Djalma Januzzi, também acompanhou o trabalho em Nogueira.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.