SÃO PAULO, BRASIL, 29-08-2010: Alunos do COC Paraíso fazem simulado do ENEM. (Foto: Carlos Cecconello/Folhapress, 4950, FOVEST)

Inscrições para o Enem 2019 encerram nesta sexta-feira

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Termina nesta sexta-feira (17) as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. Quem concluiu ou irá concluir o ensino médio este ano deve ficar atento pois as provas serão realizadas em dois domingos, 3 e 10 de novembro.

Este ano, o valor da taxa de inscrição é de R$85,00, que deverá ser pago entre os dias 6 e 23 de maio em agências bancárias, casas lotéricas ou correios. O Enem 2019 conta com algumas novidades, como explica Pedro Amâncio, especialista em Ensino Superior do Quero Bolsa, principal plataforma para inclusão de alunos no ensino superior com bolsas de estudo:

Neste ano, a segurança será ainda mais reforçada, até os lanches levados pelos participantes passarão por revista. Nesta edição, o candidato poderá realizar a inclusão opcional de foto na inscrição, o que de acordo com o Inep, facilitará a identificação do candidato, tornando o processo personalizado e interativo. Já nas provas, haverá um espaço destinado a cálculos no final do caderno de questões, além de espaço com linhas para o rascunho da redação. Outra novidade é destinada a pessoas com deficiência auditiva, que poderão apontar no ato da inscrição se utilizam implante coclear ou aparelho auditivo. Para essa parcela de inscritos, será possível a utilização de recursos durante o exame, como tradutor de intérprete de libras, vídeo prova em libras, leitura labial e tempo adicional”.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), o Enem passará por diversas modificações nos próximos anos. Entre elas e já para este ano, os candidatos deverão se atentar a mudanças relacionadas às abordagens das questões, como: “Quem fizer a prova deve ficar atento à criticidade das perguntas. A tendência é que seja cada vez mais cobrado o conhecimento como um todo, não bastando memorizar o conteúdo aprendido em sala de aula”, analisa Amâncio.

A prova exige muito dos candidatos, além de muita atenção com a inscrição, os alunos precisam fazer um estudo para a avaliação. “A prova no Enem é pouco conteudista e muito mais uma prova de resistência. São 180 questões e uma redação, sendo que a grande maioria delas tem grandes textos, tanto na pergunta quanto nas alternativas de resposta”, enfatiza o especialista.

Para ingressar no ensino superior via Enem, é necessário treinar para essa maratona. Pedro Amâncio dá dicas de como se preparar sem passar sufoco. “Imprima e faça todas as provas anteriores do exame, no mínimo uma vez por mês; Cronometre o tempo total para a execução completa da prova; A cada simulado tente superar o seu último tempo; Corrija e verifique em quais matérias específicas houve mais erros e foque nesses pontos durante os estudos.Além dessas dicas, um método eficaz é fazer grupos de estudos e ensinar. É uma forma eficiente de assimilar o conteúdo e se preparar para garantir o melhor resultado”, conclui o especialista do Quero Bolsa.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.